<
>

Bayern de Munique mira retorno de Guardiola para a Alemanha

Em busca de um novo treinador após demitir Nico Kovac, o Bayern de Munique tem um novo, porém antigo, alvo: Pep Guardiola.

O time alemão está pensando alto, ou como justificou o presidente do clube: "uma solução a longo prazo". Algo que "provavelmente não aconteceria" com Wenger, o principal rumor nos últimos dias.

E segundo a revista Sport Bild, o retorno do treinador espanhol é possível pela boa relação deixada nas três temporadas que passou no clube.

De acordo com fontes, o treinador não está feliz na Premier League, principalmente com os nove pontos de distância do Manchester City para o Liverpool, primeiro colocado.

Na Champions League, as altas expectativas "não devem ser alcançadas".

Além disso, um fator crucial de seus quatro anos na Inglaterra é que sua família não se adaptou ao local e retornou à Espanha.

Diferente da Alemanha, em que o apartamento comprado por Guardiola na capital bávara nunca foi vendido, mesmo quando saíram de lá.

Mas há um pequeno detalhe: o treinador tem contrato com o time inglês até 2021.

"Improvável, mas não impossível", classificou o jornal.

Em 2016, ao deixar a equipe, o espanhol anunciou: "Eu retornarei a Alemanha, talvez como treinador".

Além de Guardiola, o Bayern também classificou como possíveis candidatos ao posto o treinador do Ajax, Erik ten Hag, e Tomas Tuchel, do PSG.