<
>

São Paulo e Corinthians têm chance mínima de G-4 e precisarão superar traumas para ir à Libertadores

play
Diniz admite semana desastrosa para o São Paulo e fala em pontos positivos nas derrotas (0:43)

Técnico diz que a equipe controlou a partida contra o Athletico-PR (0:43)

Os rivais Corinthians e São Paulo vivem momentos tensos em 2019 e o planejamento de 2020 pode ser afetado. O objetivo de tricolores e alvinegros no Campeonato Brasileiro deste ano é o mesmo: se classificar para a próxima Copa Libertadores.

Obviamente que ambos gostariam de ir direto, o que neste momento significa ficar entre os quatro primeiros colocados. Porém, o Grêmio já ocupa a quarta colocação com 56 pontos, quatro a mais que o São Paulo e sete a mais que o Corinthians.

Dessa forma, o mais provável hoje é que ambos fiquem no G-6 e se classifiquem à fase prévia da Libertadores, o que desperta pesadelos em ambas as agremiações.

Até hoje, apenas dois clubes brasileiros foram eliminados na “pré” Libertadores: justamente São Paulo e Corinthians.

Em 2019, o São Paulo foi eliminado para o modesto Talleres-ARG logo na primeira fase de playoff em um dos maiores vexames de sua história.

O Corinthians em 2011 também sofreu do mesmo veneno, sendo eliminado na pré-Libertadores pelo modesto Tolima-COL.

Neste momento, segundo as projeções do site “Five Thirty Eight", a probabilidade do São Paulo terminar o Brasileiro em quarto é de apenas 10%, enquanto a do Corinthians é de 2%.

Caso o Flamengo vença o River Plate na final da Libertadores deste ano, será aberta uma vaga a mais para o futebol brasileiro na competição do ano que vem. Com isso, o quinto colocado deste ano no Brasileirão iria ao torneio continental.

O São Paulo atualmente é o quinto colocado do Brasileiro e, também de acordo com o fivethirtyeight, tem 30% de chances de chegar nessa posição ao fim da competição.

O Corinthians também tem os mesmos 30% de chance de ser quinto no Brasileiro atualmente.