<
>

De virada, Inter vence Verona, assume a liderança do Italiano e pressiona a Juventus

Na tarde deste sábado, 9, em partida válida pela 12ª do Campeonato Italiano, a Internazionale sofreu, mas conseguiu uma importante vitória por 2 a 1, de virada, contra o Hellas Verona no Giuseppe Meazza.

Com o triunfo, a equipe de Milão chegou aos 31 pontos e assumiu a liderança da Série A provisoriamente. A Juventus, que tem 29 pontos, faz amanhã o clássico contra o Milan e pode retomar a ponta da tabela.

Por outro lado, o Verona estacionou nos 15 pontos e agora tem sua nona posição no Campeonato Italiano ameaçada.

Ficha técnica

Internazionale 2 x 1 Hellas Verona

Gols: Vecino e Barella (Internazionale); Verre (Hellas Verona)

INTERNAZIONALE: Handanovic; Skriniar, De Vrij e Bastoni; Lazaro (D'Ambrosio), Vecino, Brozovic, Barella e Biraghi (Candreva); Lautaro Martínez (Esposito) e Lukaku. Técnico: Antonio Conte.

HELLAS VERONA: Silvestri; Rrahmani, Empereur e Gunter; Faraoni, Amrabat, Pessina, Lazovic, Zaccagni (Tutino) e Verre (Henderson); Salcedo (Stepinski). Técnico: Ivan Juric.

Estatísticas

  • ATAQUE POSITIVO! Com os gols de Vecino e Barella, a Inter conseguiu pela primeira vez, desde a temporada 1997-98, marcar pelo menos um gol nas primeiras 12 partidas da Serie A.

  • TABU HISTÓRICO! Com a derrota desta tarde, o Hellas Verona segue sem vencer no estádio Giuseppe Meazza em jogos do Campeonato Italiano. Agora, o time soma 18 derrotas e 11 empates jogando no estádio da Inter e do Milan.


Lautaro desligado

Nos primeiros 10 minutos de partida, o argentino Lautaro Martínez teve duas grandes chances para balançar as redes, mas acabou falhando. Aos 6, ele foi lançado e saiu cara a cara com o goleiro e acabou finalizando para fora, mas o lance já estava parado por impedimento. Já aos 9, após cruzamento na área, ele se desvencilhou da marcação e conseguiu cabecear, mas a bola saiu por cima do gol.


Gol do Verona

Aos 17 minutos da primeira etapa, Lazovic deu lindo passe para Zaccagni, que saiu livre, dentro da área. O atacante tentou driblar Handanovic, que o derrubou. O árbitro marcou pênalti para os visitantes. Na cobrança, Verre soltou uma pancada no meio do gol e abriu o placar.


Milagre!

Precisando virar a partida, a Inter começou a pressionar o rival e quase empatou a partida nos minutos finais da primeira etapa. Após cruzamento rasteiro na área, Vecino finalizou rasteiro para o gol e viu o goleiro Silvestri fazer um milagre e parar a bola em cima da linha do gol. O meia uruguaio pediu o gol, mas o árbitro mandou o jogo seguir.


Empate da Inter

Pressionando o adversário, a Inter chegou ao empate aos 20 minutos da segunda etapa. Lazaro fez bom cruzamento da direita para a esquerda e Vecino subiu mais que a defesa para testar para o fundo do gol.


Artilheiro descalibrado

Aos 37, após pixotada da defesa, a bola sobrou pingando para o artilheiro Lukaku na entrada da área. Tentando surpreender o goleiro, ele tentou um toque de cabeça por cobertura, mas a bola acabou saindo fraca e ficou nas mãos de Silvestri. A torcida lamentou muito a chance perdida.


Virada!

Já na parte final da partida, após boa jogada individual, Barella arriscou um chute de longa distância e acertou bem no ângulo, sem chances de defesa para Silvestri. O volante vibrou muito na comemoração, tirou a camisa e acabou levando o cartão amarelo.


Próximos compromissos

  • Sábado (23/11), 16h45 - Torino x Internazionale, pelo Campeonato Italiano

  • Domingo (24/11), 11h00 - Hellas Verona x Fiorentina, pelo Campeonato Italiano