<
>

Chefão da MLS revela que três cidades brigam pela última vaga na liga e existe uma favorita

play
Ibrahimovic está sendo 'recrutado' pelo Milan, diz comissário da MLS (0:56)

Don Garber deu a entender que o time italiano deseja o retorno do atacante sueco, que está sem contrato após deixar o LA Galaxy (0:56)

A MLS está perto de completar a sua expansão para 30 times. Em 2020 entrarão duas franquias em Nashville e Miami (esta controlada por David Beckham), em 2021 a franquia de Austin e em 2022 Sacramento e Saint Louis, chegando em 29 dos 30 times desejados pela liga.

Nesta sexta-feira, dois dias antes da decisão entre Toronto FC e Seattle Sounders, que terá transmissão da ESPN e do WatchESPN às 17h (Brasília) do domingo, o comissário da MLS, Don Garber, falou sobre três possibilidades de cidade.

Charlotte, Las Vegas e Phoenix disputam a última vaga para uma franquia e, por incrível que pareça, a primeira é a grande favorita a conquistá-la.

"Existem três mercados que estamos olhando, que o nosso comitê de expansão está conversando: Charlotte, Las Vegas e Phoenix. É justo dizer que Charlotte trabalhou muito para mover a sua proposta para o topo do ranking", disse Garber.

Se vencer a disputa, Charlotte utilizará o estádio do Carolina Panthers da NFL para mandar suas partidas. Afinal, segundo Garber a proposta de Charlotte "começa com David Tepper, dono dos Panthers, que é um cara bastante passional sobre esportes e nos lembrou que nós não enxergamos o que o Atlanta United poderia virar".

A franquia de Atlanta foi introduzida em um mercado considerado "pequeno" nos Estados Unidos, mas encontrou uma torcida apaixonada e um projeto de sucesso que levou a equipe ao título no ano passado e uma final de Conferência Oeste neste ano em três temporadas de existência.