<
>

Como a paixão por um clube levou acusado de homicídio para a prisão

play
Lucho se derrete por Maradona e conta como era ser comandado pelo ídolo na seleção: 'Imagina chegar lá com a tatuagem dele?' (1:18)

Com sorriso no rosto, González revelou que trocou a altura da meia para o gênio argentino não ver a tattoo durante os treinamentos. (1:18)

Antes da vitória do Rosario Central por 5 a 2 sobre Godoy Cruz, pela Superliga Argentina, um torcedor do time da casa foi detido pela Justiça, de acordo com informações do jornal argentino Olé.

Trata-se de Fernando F. (conforme identificado pela polícia), procurado por homicídio grave. De acordo com membros do programa Safe Tribune, que usa esquema de vigilância interna em estádios para cruzar dados, imagens e informações, e foi fundamental para a prisão do suposto assassino, a captura de "um fugitivo perigoso" foi alcançada.

O detento tem 36 anos. A prisão foi feita enquanto o homem tentava entrar no estádio Gigante de Arroyito para ver o jogo Rosario Central. Membros das forças de segurança conseguiram identificá-lo quando ele passava pela revista policial, antes da adentrar o estádio.

Não é a primeira vez que isso acontece. Segundo a equipe do Safe Tribune, eles já capturaram fugitivos procurados na hora da revista policial em mais de uma ocasião.

"No âmbito da implementação do Programa Safe Tribune, a prisão de um fugitivo sobre o qual pesava um pedido de captura foi alcançada", informou oficialmente a Direção Nacional de Segurança em Espetáculos Futebolísticos.