<
>

De Ligt vai de 'quase vilão' a herói, Juventus vence dérbi com Torino e mantém liderança do Italiano

Uma noite inesquecível para Matthjis de Ligt! O zagueiro holandês quase foi o vilão da Juventus no dérbi de Turim contra o Torino, fora de casa, pela 11ª rodada do Campeonato Italiano.

Ainda na primeira etapa, De Ligt colocou a mão na bola dentro da grande área e o lance gerou muita reclamação dos donos da casa, mas, com o auxílio do VAR, a arbitragem decidiu mandar seguir. No segundo tempo, o holandês apareceu dentro da grande área para salvar mais uma atuação abaixo da critica da Velha Senhora e fazer o gol da vitória. Com o resultado, a Juventus recupera a liderança que havia sido roubada momentaneamente pela Inter de Milão e mantém a invencibilidade na Serie A.

Ficha técnica

Torino 0 x 1 Juventus

Gols: De Ligt

TORINO: Sirigu, Izzo, Lyanco e Bremer; Ansaldi, Baselli, Rincon, Meite e Aina; Verdi e Belotti; Técnico: Walter Mazzarri

JUVENTUS: Szczesny, Cuadrado, Bonucci, De Ligt e De Sciglio; Pjanic, Bentancur, Matuidi e Bernardeschi; Dybala e Ronaldo Técnico: Maurizio Sarri

Estatísticas

Demorou 11 jogos para que De Ligt fizesse seu primeiro gol com a camisa da Juventus. Pelo Ajax, havia marcado na estreia.

Onze rodadas depois, a Juventus ainda não perdeu na Serie A. São 9 vitórias, 2 empates e 0 derrotas. Inclusive, a equipe é a única entre as 17 principais ligas europeias que não perdeu sequer um jogo na temporada, não só no campeonato nacional.

Apesar da invencibilidade, a Velha Senhora não tem folga na liderança: a diferença para a Inter de Milão é de apenas 1 ponto.


O cara!

A história do jogo foi Matthijs de Ligt.

O zagueiro holandês, recém-contratado junto ao Ajax, é uma das grandes promessas do futebol mundial, mas está com dificuldades de se afirmar na Velha Senhora. Com apenas 20 anos, o defensor tem tido atuações bastante criticadas e neste sábado quase foi o grande vilão quando colocou a bola na mão dentro da área no primeiro tempo, em lance que gerou muita reclamação do Torino, mas que a arbitragem nada marcou. No segundo tempo, aproveitou a bola parada para fazer o gol da vitória em uma atuação fraca da Juventus.


O gol salvador!

A Juventus não fez uma boa partida e precisou da bola parada para conquistar os importantes três pontos. Após cobrança de falta da esquerda, Gonzalo Higuaín se esticou todo para evitar a saída pela linha de fundo e ajeitou para a pequena área aonde a bola encontrou Matthjis de Ligt completamente livre. O zagueiro holandês não brincou em serviço e encheu o pé para afundar a bola no gol e garantir a vitória dos visitantes.


Reclamação do Torino!

Quando o placar ainda marcava 0 a 0 no primeiro tempo, uma bola cruzada na área da Juventus gerou muita reclamação do Torino. Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada na primeira trave e bateu no braço de De Ligt, que estava aberto. A arbitragem nada marcou, nem mesmo com o auxílio do VAR, e ouviu muitos protestos dos donos da casa.


Primeiro tempo sonolento

Quem também reclamou foram os torcedores de ambas as equipes, mas não por conta da arbitragem. O primeiro tempo em Turim não teve muitas emoções e nem qualidade técnica, o que fez com que fosse um pouco "sonolento", gerando protestos dos torcedores nas redes sociais.


Segundo tempo com mais emoção

Se a primeira etapa foi sonolenta, a segunda garantiu um pouco mais de emoção. Mesmo o nível técnico não tendo melhorado consideravelmente, chances começaram a aparecer e o goleiro Sirigu, do Torino, evitou que a Juventus abrisse o placar em três oportunidades, inclusive em um chute de Cristiano Ronaldo da pequena área, antes do gol de De Ligt, em que ele nada pode fazer.


Próximos jogos

A Velha Senhora volta a campo neste meio de semana pela Champions League. O Torino só joga daqui uma semana pela próxima rodada do Campeonato Italiano

  • Quarta-feira, 06/11, 14:55, Lokomotiv Moscou x Juventus

  • Sábado, 09/11, 11:00, Brescia x Torino