<
>

Após cancelamento, Copa América de futsal pode ser realizada em 2020 e 'apertar' calendário

play
Rodrigo, da seleção de futsal, fala sobre cancelamento da Copa América (1:09)

Competição foi cancelada devido a protestos no Chile (1:09)

Prevista para começar na última quarta-feira (24), a Copa América de Futsal que seria disputada no interior do Chile, em Los Ángeles, foi cancelada devido aos recentes protestos políticos que têm tomado conta dos noticiários nos últimos dias. A decisão foi tomada em comum acordo entre a Federação Chilena de Futebol, o Governo Regional, a Conmebol e as autoridades locais.

O supervisor da seleção, Reinaldo Simões, que estava com a delegação para a competição, falou com exclusividade ao ESPN.com.br. “No domingo, a Conmebol tinha confirmado o campeonato, porque até então não tinha acontecido nada demais. Aqui onde estamos eu não vi nada, mas como a coisa em Santiago foi um pouco mais séria, o governo chileno achou melhor cancelar todos os eventos. Pela Conmebol, pela prefeitura e pela federação chilena o campeonato ia acontecer, quem tomou a decisão mesmo foi o governo do Chile. ”

A seleção brasileira programou três jogos-treinos para o período em que aconteceria a Copa América. O primeiro, disputado na quarta-feira, contra o Chile, terminou com o resultado de 3 a 1 para o Brasil. Na quinta, a seleção empatou com a Colômbia por 2 a 2 e na sexta, passou pelo Peru com o placar de 6 a 0.

O fixo e capitão da seleção Rodrigo anotou gol nas três partidas e também falou com a ESPN. “Não dá para chamar de amistoso porque nem uniforme a gente usou, jogamos com o de treino mesmo. Contra a Colômbia nós fizemos um ótimo jogo, amassamos os caras, mas ficamos no empate. Contra o Peru foi mais tranquilo. Agora no começo de 2020 temos as eliminatórias para o Mundial, ou seja, se contarmos como o começo da competição, são 3 meses até a Copa do Mundo. Vamos ver como vai ser.”

“Esses jogos, para nós, foram ótimos. Além deles nós fizemos 4 amistosos na Europa durante o ano, então acredito que o Marquinhos [Xavier, técnico da seleção] esteja conseguindo fazer uma boa avaliação”, declarou Reinaldo. Para o Rodrigo, os jogos serviram mais para reunir o grupo do que para dar entrosamento e ritmo de jogo.

“A gente tem um clima mais time, então foi bom para a gente ficar junto, no dia-a-dia, conversar, dar risada. O Marquinhos procurou colocar todo mundo para jogar, passou bastante coisa em vídeo também, então acho que ele conseguiu avaliar um pouco do que ele precisava mesmo sem a competição. ”

Há a expectativa de que a Copa América seja realizada em paralelo às eliminatórias do ano que vem. Como o evento reuniria todas as equipes sul-americanas, seria uma hipótese viável, pelo menos para o Reinaldo. “Pode ser que aconteça, sim. Mas não tem nada de oficial sobre isso”.