<
>

Podendo voltar ao G6, Bahia recebe o Ceará no Pituaçu

No duelo nordestino da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Bahia recebe o Ceará, nesta segunda-feira, às 19h30, no Pituaçu. Enquanto o Esquadrão de Aço busca voltar ao G6 da competição, o Vozão permanece na luta contra o rebaixamento.

Depois de uma sequência negativa de três jogos sem vitória, o Bahia se recuperou na última rodada e conseguiu triunfo importante ao derrotar o Grêmio, em Porto Alegre. Assim, o Tricolor baiano chegou aos 41 pontos, na oitava posição do Brasileirão.

Depois de perder para o Santos, Ceará busca se recuperar no Brasileirão (Foto: Felipe Santos/Ceará)

Por outro lado, o Ceará vive momento delicado no Campeonato Brasileiro. Depois de vencer o Avaí, o Vozão foi derrotado pelo Santos, de virada, e voltou a estagnar na tabela. No momento, a equipe está na 17ª colocação, com 26 pontos. A vitória do Cruzeiro sobre o Corinthians fez com que os cearenses retornassem à zona de rebaixamento.

Adílson Batista tem três desfalques importantes para o jogo desta segunda-feira. Samuel Xavier, Fabinho e Thiago Galhardo receberam o terceiro cartão amarelo na partida contra o Santos e estão suspensos. Assim, Cristovam, Ricardinho e Willian Popp devem entrar na equipe titular.

“Precisamos melhorar esse retrospecto (fora de casa). Alguns clubes tem um poderio muito forte como o Athletico Paranaense e ano passado, fora de casa, não vencia. Também havia esse questionamento. Para que você tenha seus objetivos cumpridos você precisa melhorar esse retrospecto. Esse é um dos objetivos, então foi uma proposta de jogo parecida com a contra o Grêmio e poderá ter a mesma contra o Bahia, mas o resultado precisa ser diferente”, analisou Adílson Batista.

FICHA TÉCNICA

BAHIA X CEARÁ

Local: Pituaçu, Salvador (BA)

Data: 21 de outubro de 2019, segunda-feira

Horário: 19h30h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Danilo Ricardo Simon Manis (ambos de SP)

Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba (João Pedro), Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio e Ronaldo; Élber, Artur e Gilberto.

Técnico: Roger Machado

CEARÁ: Diogo Silva; Cristovam, Luiz Otávio, Tiago Alves, João Lucas; Ricardinho, Pedro Ken, William Oliveira; Felipe Sobral, Lima e Willian Popp

Técnico: Adílson Batista