<
>

Goiás reage, arranca empate no fim contra a Chapecoense e se aproxima do G-6

Divulgação/Goiás

O Goiás reagiu no fim e buscou empate contra a Chapecoense, por 2 a 2, neste domingo na Arena Condá, em confronto válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado tirou os catarinenses da lanterna da tabela, mas não ajudou na briga para sair da degola, enquanto os goianos se aproximaram do G-6.

Em início fulminante, a Chapecoense correu para dar fim à sequência de 11 jogos sem vitória. Aos 22 minutos, o atacante Everaldo desencantou e abriu o placar. Sete minutos depois, pênalti e cobrança precisa de Henrique Almeida para ampliar o marcador.

A equipe esmeraldina voltou determinada a reagir na segunda etapa e rapidamente descontou o placar, com Rafinha. Quando a situação já parecia inevitável, Rafael Vaz acertou bela cobrança de falta aos 40 minutos e sacramentou o empate.

O empate tirou a Chapecoense da lanterna do Brasileirão, mas não ajudou na briga para sair da zona do rebaixamento. Os catarinenses têm 17 pontos, mesma marca do Avaí. A equipe está 11 pontos atrás do Cruzeiro, primeiro time fora da degola.

O Goiás, por outro lado, segue no meio da tabela, mais perto do G-6 que do Z4. A equipe esmeraldina é a 10ª com 38 pontos, quatro atrás do 6º colocado Internacional e 12 acima do Ceará, primeira equipe dentro da zona do rebaixamento.

O jogo

A Chapecoense começou com tudo e logo abriu o placar. Aos 22 minutos Everaldo subiu após cobrança de escanteio de Camilo e desviou com precisão para o canto esquerdo da meta goiana. A bola ainda tocou na trave antes de entrar e inaugurar o marcador.

Sete minutos depois, Henrique Almeida invadiu a área e foi derrubado por Geovane em lance polêmico. O árbitro Gilberto Rodrigues Castro Junior confirmou a penalidade. O próprio atacante foi para cobrança e acertou o canto esquerdo, meia-altura, em chute forte e preciso.

A situação parecia tranquila para os mandantes no intervalo com vantagem de dois tentos, mas o panorama rapidamente mudou na parte final. Logo aos três minutos, os visitantes começaram jogada pela esquerda e tiveram dois chutes bloqueados dentro da área, até que Rafinha finalizou e colocou no fundo da rede.

O time goiano seguiu tentando o empate, criando mais chances e com mais ímpeto em direção à meta adversária. Mesmo assim, a situação parecia complicada para o time até os 40 minutos da segunda etapa.

Na marca, Rafael Vaz acertou belo chute da intermediária esquerda e contou com falha da barreira, que abriu após a cobrança, para anotar o gol de empate.

FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE 2 X 2 GOIÁS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 20 de outubro de 2019 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Cartões Amarelo: Rafael Pereira e Douglas (Chapecoense); Jefferson, Kevin, Rafinha e Vinícius (Goiás)
Gols: Everaldo, aos 22 do 1º tempo, e Henrique Almeida, aos 29 minutos do 1º tempo, para a Chapecoense; Rafinha, aos três do 2º tempo, e Rafael vaz, aos 40 do 2º tempo, para o Goiás.

CHAPECOENSE: João Ricardo; Eduardo, Douglas, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Márcio Araújo Elicarlos e Camilo (Vini Locatelli); Roberto (Amaral), Henrique Almeida (Régis) e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Marcelo Hermes); Geovane, Rafinha, Yago Felipe, Léo Sena e Kaio (Breno); Papagaio. Técnico: Ney Franco