<
>

Jorge Jesus pode ser suspenso por até 12 jogos por críticas à arbitragem e ao VAR em Athletico-PR x Flamengo

play
Jesus diz que Flamengo não veio preparado para jogar contra o VAR e esbraveja: 'Tem que ir para casa, vai tirar férias' (1:31)

Técnico se irritou com as decisões tomadas pelos árbitros na cabine do VAR (1:31)

Apesar da liderança do Brasileirão e da fase quase perfeita, nem tudo são boas notícias para o Flamengo.

Nesta sexta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou o clube e seu técnico, Jorge Jesus. A equipe rubro-negra responderá por atraso de dois minutos na volta para o segundo tempo da partida contra o Athletico-PR.

| 'Se Jesus for suspenso pelo STJD, só tem um nome: censura', afirma Gustavo Zupak |

Já o treinador vai responder por ofensa à arbitragem e conduta antidesportiva em entrevista coletiva após o jogo. Está será a primeira vez que o português passará por julgamento no STJD. Enquadrado nos artigos 243-F e 258 do código brasileiro de justiça desportiva (CBJD), a punição pode ser grande.

Pelo 243-F, pode receber multa de até R$ 100 mil além de existir a chance de suspensão de quatro a seis partidas. Já pelo 258, o tempo fora dos gramados pode ser de mais um a seis jogos.

O Flamengo, por sua vez, corre risco de multa de até R$ 100 mil por descumprir o regulamento do Campeonato Brasileiro.

O julgamento será na próxima quinta-feira, às 15h30 (de Brasília), na sede do tribunal no Rio de Janeiro.

| Para Calçade, indiciamento de Jesus é o 'Momento STJD' de 2019 |