<
>

Corinthians: Pressionado, Carille tenta contra o Goiás evitar maior jejum de vitórias desde retorno

O Corinthians entra em campo nesta quarta-feira, diante do Goiás, às 21h30 (Brasília), pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Serra Dourada, pressionado. Se não sair com a vitória, será a quarta partida consecutiva que a equipe alvinegra fica sem vencer.

A marca seria a pior da equipe alvinegra desde o retorno de Carille, no começo deste ano. Desde janeiro, a equipe está na sexta sequência de três partidas sem vitória. A primeira veio em fevereiro quando o Timão empatou com o Ferroviário pela Copa do Brasil, perdeu do Novorizontino pelo Campeonato Paulista e empatou com o Racing pela Copa Sul-Americana.

Em maio, empatou com Vasco da Gama e Grêmio antes de ser derrotado pelo Flamengo em Itaquera. Um mês depois, voltou a ser vencido pelo Flamengo, empatou com o Cruzeiro e perdeu o clássico para o Santos.

Em agosto, empatou duas vezes com o Fluminense pela Sul-Americana e com o Avaí pelo Brasileirão. Em setembro empatou com o Ceará e perdeu para Fluminense e Independiente del Valle, do Equador.

Atualmente, a sequência é de um empate sem gols com o Grêmio, um empate em 2 a 2 com o Athletico-PR e a derrota por 1 a 0 para o São Paulo no Majestoso do último domingo.

Evitar que a quarta partida seguida sem vitória aconteça não será uma tarefa fácil para o Corinthians. Além do Goiás ser o segundo melhor time do segundo turno, atrás apenas do líder Flamengo, com 15 pontos conquistados em 18 disputados, o Serra Dourada costuma ser um estádio aonde a equipe paulista tem dificuldades.

Dos últimos sete jogos contra o Goiás no Serra, o Corinthians venceu apenas um, empatou outros cinco e foi derrotado uma vez.