<
>

Flamengo reclama de coincidência entre pressão de rivais e 'atuação desastrosa' da arbitragem e já teme por Libertadores

play
Jesus diz que Flamengo não veio preparado para jogar contra o VAR e esbraveja: 'Tem que ir para casa, vai tirar férias' (1:31)

Técnico se irritou com as decisões tomadas pelos árbitros na cabine do VAR (1:31)

O Flamengo saiu muito irritado com a arbitragem após a vitória contra o Athletico-PR por 2 a 0 na Arena da Baixada. Junto com as reclamações de Jorge Jesus na coletiva de imprensa, o clube soltou uma nota oficial em seu site criticando a arbitragem.

Nela, o Fla diz que não pode se calar após o acontecido na partida de hoje e cita uma coincidência atemporal entre a pressão exercida por rivais (Palmeiras e Santos) e o lance que aconteceu hoje.

No jogo, o árbitro assinalou um pênalti em cima de Lucas Silva, mas alertado pelo VAR, foi consultar o lance e acabou voltando atrás em sua decisão.

O clube ainda finaliza a nota dizendo que espera que esses erros não voltem a acontecer, principalmente na partida pela Copa Libertadores contra o Grêmio no dia 23 quando o árbitro Bráulio da Silva Machado, que apitou hoje, estará no VAR.

Confira a nota do Flamengo:

O Clube de Regatas do Flamengo lamenta ter que se posicionar a respeito da arbitragem do Campeonato Brasileiro. Acreditamos que reclamações por parte de qualquer diretoria mancham a imagem do campeonato e, por isso, vínhamos adotando como postura não nos manifestarmos depois de cada jogo, apesar de já termos presenciado várias situações que, ao nosso ver, prejudicaram claramente nossa equipe.

Não podemos, porém, nos calar após o acontecido na partida de hoje. A coincidência temporal entre a pressão pública feita por diretorias de concorrentes ao título e o ocorrido em campo no jogo contra o Athletico Paranaense nos preocupa muito. A atuação da arbitragem, tanto no campo quanto no VAR, foi desastrosa e muito prejudicial ao Flamengo.

Esperamos que episódios como esses não voltem a ocorrer, especialmente no dia 23, quando o árbitro de hoje estará envolvido novamente em uma partida importantíssima.

Uma arbitragem isenta e de alto nível: isto é o que o futebol brasileiro deseja e precisa.