<
>

Argentina, ainda sem Messi, atropela o Equador em amistoso na Espanha e goleia por 6 a 1

A Argentina não teve dificuldade no amistoso contra o Equador, disputado neste domingo (13), em Elche, na Espanha.

Ainda sem Messi, suspenso por conta de reclamações contra a organização da Copa América, em junho deste ano, o técnico Lionel Scaloni levou a campo uma equipe mesclada de jogadores conhecidos em algumas experiências.

Embalado pelo bom desempenho no empate por 2 a 2, também em amistoso, com a Alemanha, na quarta (9), a equipe albiceleste massacrou o seu adversário.

Alario, Izquierdo, Paredes (pênalti), Pezzela, Domínguez e Ocampos anotaram para os portenhos. Mena descontou para os andinos.

No pênalti, houve discussão entre Lautaro Martinez e Paredes sobre quem faria a cobrança. Paredes venceu a discussão e balançou a rede, aos 32 da primeira etapa, anotando o terceiro para os hermanos.

Na comemoração, um abraço entre os dois selou a paz.

Com mais posse de bola e mais quase o dobro de conclusões a gol que os equatorianos (11 a 5). a equipe de Scaloni jogou com tranquilidade.

Kannemann, zagueiro do Grêmio, foi titular na partida.

A próxima Data-Fifa, a última de 2019, acontece entre 14 e 19 de novembro.

Em 15 de novembro, em Riad, na Arábia Saudita, Brasil e Argentina se enfrentam em amistoso, conforme a CBF confirmou neste domingo, após Brasil 1 x 1 Nigéria, em Singapura.

Pende, por parte da confederação argentina, a confirmação de um outro amistoso, com o Paraguai, em 18 de novembro, em Bangladesh. A federação paraguaia dá o jogo como certo, mas os argentinos não confirmaram ainda.