<
>

Ex-Real Madrid dá show, Rússia goleia Chipre e se classifica para a Eurocopa de 2020

A Rússia está classificada para a Eurocopa de 2020!

Mesmo jogando fora de casa, a equipe russa não encontrou dificuldades e atropelou o Chipre, vencendo por 5 a 0 e garantindo a segunda colocação do grupo I das Eliminatórias para a Eurocopa.

Denis Cheryshev, ex-Real Madrid, foi o grande destaque da partida, anotando dois e dando duas asssistências. Dzyuba, Golovin e Ozdoev completaram a goleada russa.

Com o resultado, os russos alcançam os 21 pontos e não podem mais ser alcançados pelo Chipre, atual terceiro colocado, que tem apenas 10, faltando duas rodadas para o final.

No outro jogo do grupo I, a Bélgica manteve a campanha impressionante e a liderança da chave.


A Bélgica segue sendo o destaque das Eliminatórias para a Eurocopa de 2020 e, pela oitava rodada, venceu o Cazaquistão sem sufoco por 2 a 0, neste domingo (13), jogando na casa dos adversários. Michy Batshuayi abriu o placar e Thomas Meunier ampliou.

A seleção da Bélgica agora chega a impressionantes 22 jogos de invencibilidade (só 1 empate), 3 a menos que a Espanha, com a melhor marca ativa.

A partida não foi lá de se encher os olhos. Dominado de ponta a ponta pelos belgas, o jogo teve poucas oportunidades. Especialmente depois do primeiro gol, o time visitante valorizou a posse e mínimas chances apareceram para ambos os lados.

Ao fim do jogo, foram registrados 66% de posse de bola belga, com 11 chutes ao gol (3 vezes na direção certa), contra 6 dos adversários (1 no alvo).

Domínio no grupo I

Já classificada desde a última rodada, a Bélgica agora luta para manter a campanha perfeita. São 8 vitórias em 8 jogos rendendo a liderança do grupo I com 24 pontos.

A Itália é a única seleção das eliminatórias capaz de passar a Bélgica na melhor campanha, pois também estão nos 100%, com uma partida a menos.

E a hegemonia belga se mostra tanto ofensivamente, quanto defensiva. O saldo de gols até agora é de absurdos 29. São 30 marcados e apenas 1 sofrido, liderando ambas as estatísticas nas eliminatórias.

Como foi

O jogo já começou como previsto. A Bélgica partiu para cima e sufocou os adversários. O Cazaquistão segurou bem por um momento, até surpreendendo. Isso mudou aos 21 minutos, quando Batshuayi recebeu de Praet da direita e só empurrou a bola para abrir o placar.

Após isso, a partida perdeu muito em qualidade, ninguém parecia fazer questão de tomar atitude.

Roberto Martínez provavelmente criticou a postura da equipe no vestiário e os belgas voltaram para o segundo tempo mais agressivos.

Em menos de dez minutos, o time visitante ampliou com Meunier, após cruzamento de Eden Hazard.

As chances voltaram a aparecer e ambos os times poderiam ter mudado o placar, mas sem sucesso, o apito final veio com o 2 a 0 no marcador.

Agenda

A Bélgica ainda tem duas rodadas a serem cumpridas nas eliminatórias da Euro 2020. A seleção enfrenta a Rússia, principal candidata do grupo a finalizar a campanha perfeita, na próxima quarta-feira (16), e fecha a participação contra o Chipre, dia 19.

Só cumprindo calendário, o Cazaquistão enfrenta San Marino também na quarta-feira, e a Escócia na última rodada.