<
>

Baggio ainda 'pensa antes de dormir' em pênalti perdido em 94 e lamenta não ter tido chance de 'vingança'

O pênalti de Roberto Baggio não sai da cabeça dos brasileiros desde 17 de julho de 1994, quando a seleção verde e amarela conquistou o seu quarto título. O lance também continua na memória do italiano.

“Nunca tinha cobrado um pênalti desses na minha vida, talvez um alto, mas não tão acima do travessão. Às vezes, antes de ir dormir, penso de novo”, disse em entrevista publicada pelo jornal italiano Gazzetta dello Sport.

O ex-jogador de 52 anos ainda comentou sobre sua frustração de não ter jogado o Mundial de 2002, em que a Itália foi eliminada para a Coreia do Sul em 2022.

"Pela primeira vez farei a figura do presunçoso: eu merecia ser convocado para a Copa do Mundo", declarou Baggio.

"Foi uma decepção profunda, semelhante à de Pasadena, talvez até por esse motivo eu agora vivo longe do futebol. Porque em mim havia muito desejo de vingança logo após aquele pênalti.”