<
>

Fluminense perde Ganso contra o Bahia, mas valoriza empate com o Cruzeiro

play
Ganso minimiza discussão com João Pedro: 'Dentro de jogo não dá para pedir por favor' (0:43)

Companheiros de equipe bateram boca durante o primeiro tempo do empate entre Cruzeiro e Fluminense (0:43)

O meia Paulo Henrique Ganso foi advertido com o terceiro cartão amarelo, no empate por 0 a 0 com o Cruzeiro, e vai desfalcar a equipe do Fluminense contra o Bahia, no Maracanã, na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Ganso, o volante Yuri também vai cumprir suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos na noite desta quarta-feira.

Além de Ganso e Yuri, o técnico Marcão terá outros problemas para escalar a equipe. O volante Allan e o lateral-esquerdo Caio Henrique estão servindo à seleção olímpica, enquanto Marcos Paulo, que tem dupla nacionalidade, está defendendo a seleção sub-19 de Portugal.

O meia Nenê, o jogador mais experiente do elenco do Fluminense, disse que o ponto conquistado no Mineirão, diante do Cruzeiro, foi muito importante para a equipe tricolor. Em entrevista à TV Globo, o atleta disse que o resultado foi bom, mas que a equipe carioca poderia ter aproveitado melhor as situações de jogo para sair com a vitória.

“A gente queria a vitória. Se a gente tivesse acertado o último passe, poderia vencer”, declarou.

Nenê comentou que as duas equipes precisavam muito de um resultado positivo, mas que o Fluminense pode comemorar o empate porque foi obtido diante de uma grande equipe que atuava em sua casa e tinha o apoio da torcida.

“O empate foi de grande valia para a nossa equipe, pela forma como a partida se desenrolou. Foi o chamado ponto positivo”, encerrou.