<
>

Flamengo pode dizimar vários recordes do Campeonato Brasileiro; saiba como

Além de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro depois de uma década, o Flamengo tem a chance de quebrar diversos recordes históricos da competição.

O ESPN.com.br fez um levatamento das marcas que o time rubro-negro, líder do Nacional, pode dizimar com a ótima campanha feita sob o comando de Jorge Jesus.

APROVEITAMENTO

O melhor aproveitamento da história do Brasileiro de pontos corridos é do Cruzeiro, em 2003. A equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo, que tinha o craque Alex como principal astro, conquistou 72,5% dos pontos disputados na primeira edição do torneio neste formato. O Flamengo tem hoje 75,4%.

BOLA NA REDE

O ataque mais devastador da competição foi o Santos - também treinado por Luxa - de 2004. O time de Robinho, Elano e Deivid teve média de 2,24 gols por partida, enquanto a equipe rubro-negra está com a média 2,09 bolas nas redes a cada jogo.

MATADOR

O maior artilheiro de uma edição do Brasileiro Washingnton "Coração de Leão", que em 2004 fez 34 gols com a camisa do Athletico-PR, vice do Brasileiro. Máximo goleador do Nacional neste ano, Gabigol tem 18.

CASA CHEIA

A torcida do Flamengo já tem a melhor média de público nos estádios em um ano do Brasileiro nos pontos corridos. Em 2018, foram 47.139 rubro-negros por jogo. Neste ano, a média é bem superior: 52.639 pessoas.

BOLA DE PRATA

O Flamengo tem atualmente sete jogadores na seleção do prêmio Bola de Prata. O atual recorde é de seis representantes na equipe ideal. Esse número aconteceu duas vezes: em 1986 e 2016.

Na primeira ocasião, o São Paulo foi campeão e dono da seleção, com Gilmar Rinaldi, Dario Pereyra, Nelsinho, Bernardo, Pita e Careca.

No segundo caso, o Palmeiras também conquistou o título, e teve Jailson, Jean, Tchê Tchê, Moisés, Dudu e Gabriel Jesus na seleção.

Careca e Jesus, além de atacantes do time ideal do Campeonato Brasileiro, receberam a Bola de Ouro, o prêmio de melhor jogador da competição.