<
>

Guardiola questiona ausência de Gallardo entre os melhores técnicos: 'Parece que existe apenas a Europa no mundo'

Considerado por muitos um dos melhores treinadores do mundo, Pep Guardiola falou sobre o trabalho de um dos técnicos mais bem-sucedidos da América do Sul nos últimos anos, Marcelo Gallardo, do River Plate.

Em entrevista exclusiva à TNT argentina, o espanhol não poupou elogios ao trabalho de Gallardo e disse não entender o motivo de ele não ser indicado pela Fifa como um dos melhores treinadores da atualidade.

“Espero que um dia eu possa enfrentar suas equipes, seria muito bonito”, disse. “O que Gallardo tem feito no River é incrível, em termos de resultados, de lhe dar consistência, e todos os anos jogadores vão embora e (o bom trabalho) continua”.

“Há coisas inexplicáveis. São três treinadores nomeados para melhor do mundo e ele nunca está entre eles. Parece que existe apenas a Europa no mundo. Não entendo como Gallardo não está nomeado como um dos melhores treinadores do mundo. Não apenas por um ano, mas por tanto tempo”, disse.

Na eleição desse ano para melhor técnico do mundo, o alemão Jurgen Klopp faturou o prêmio após conquistar a Champions League com o Liverpool. Guardiola e Mauricio Pochettino também foram indicados.

Desde 2014 no River Plate, soma 11 títulos com a equipe argentina, sendo duas Copa Libertadores, uma Copa Sul-Americana e três taças da Recopa. Nessa temporada, após bater o Boca Juniors na primeira partida da semifinal por 2 a 0, está muito próximo de alcançar mais uma decisão continental.

Na mesma entrevista, Guardiola comentou sobre o clássico entre River e Boca no ano passado que aconteceu em Madri, na Espanha, e ainda falou da sua vontade de um dia poder acompanhar um River e Boca na Bombonera.

“Estive na final da Libertadores em Madri, estive em um clássico há alguns anos no campo do River e nunca estive no campo do Boca. Espero que um dia possa ver um jogo lá, gostaria muito disso”, disse.