<
>

Atlético-GO vence e afunda Figueirense na lanterna da Série B

Em duelo de opostos, o Atlético-GO recebeu o Figueirense nesta sexta-feira e venceu por 2 a 0, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto o resultado manteve os goianos bem colocados na briga pelo acesso e pelo título, a equipe catarinense se afundou ainda mais na lanterna e manteve sequência sem vitórias.

Com naturalidade, a equipe da casa construiu o placar ainda na primeira etapa. Aos três minutos, Matheusinho roubou a bola após saída atrapalhada do Figueira e deixou para Jorginho, que abriu o placar com chute no canto direito. Aos 24, Rodrigo Rodrigues recebeu cruzamento de Reginaldo já dentro da área. O camisa 9 fez o giro e bateu firme para ampliar.

(Foto: Reprodução/Atlético-GO)

A vitória mantém o Dragão na 2ª colocação da tabela, com 45 pontos, agora mais perto do líder Bragantino, que tem 48 e recebe o Vitória no domingo, às 16h (Brasília). A equipe goiana também abriu provisoriamente nove pontos do 5º colocado Botafogo-SP, primeiro time fora do grupo de acesso à Série A.

Já o Figueirense estacionou nos 23 pontos na 20ª colocação e pode ver a distância para os outros concorrentes aumentar. Atualmente, a equipe catarinense se encontra cinco pontos atrás do Vila Nova, primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 2X0 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Ântonio Accioly, em Goiânia (GO)

Data: 27 de setembro de 2019, sexta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Adriano Barros Carneiro (CE)

Assistentes: Renan Aguiar da Costa (CE) e Eleutério Felipe Marques Junior (CE)

Cartões Amarelos: Ruan Renato (Figueirense)

Gols: Jorginho, aos três minutos do 1º tempo, e Rodrigo Rodrigues, aos 24 minutos do 1º tempo, para o Atlético-GO.

ATLÉTICO-GO: Kozlinski; Reginaldo, Oliveira, Gilvan e Nicolas; André Castro, Matheusinho (Pedro Bambu) e Jorginho; Jairinho (André Luis), Rodrigo Rodrigues e Mike.

Técnico: Wagner Lopes.

FIGUEIRENSE: Matheus Vidotto; Pereira, Alemão, Ruan Renato e Patrick; Victor Guilherme, Zé Antônio (Victor Guilherme), Robertinho, Tony (Héliton), Andrigo; Everton Santos e Gustavo Poffo (Yuri Mamute).

Técnico: Márcio Coelho.