<
>

Jesus se irrita com convocações e detona CBF: 'Aqui é muito mais importante jogar contra Senegal e Nigéria'

play
Jesus detona CBF por convocações: 'Aqui é muito mais importante jogar contra Senegal e Nigéria' (1:30)

Treinador do Flamengo não gostou de precisar ceder Gabigol e Rodrigo Caio (1:30)

Depois da vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro fora de casa por 2 a 1, o técnico Jorge Jesus não poupou a CBF.

Ele ficou bastante irritado com as convocações de Rodrigo Caio e Gabigol para os amistosos contra Senegal e Nigéria, em Singapura. Além disso, Arrascaeta também foi chamado pela seleção uruguaia.

"Não entendi muito bem. Tinham dito que ia apenas um por equipe. Na Argentina, o técnico teve o cuidado de não levar do Boca e do River. Aqui é muito mais importante jogar com Senegal e Nigéria. Quem paga os jogadores são os clubes. Os clubes têm que tomar uma posição", criticou.

Ele também falou sobre o recorde de sete vitórias seguidas que o Flamengo conseguiu no Brasileiro.

"Eu não sabia que o Flamengo teve um recorde de vitórias consecutivas. É bom. Verdade que ainda não atingimos o objetivo. Chegamos ao topo e temos que defender nossa posição".

Jesus ainda preferiu jogar o favoritismo no confronto contra o Grêmio na semifinal da Libertadores.

"Só quero dizer que nunca ganhei Libertadores. O técnico do Grêmio já venceu. O Grêmio já venceu. Mais experientes do que eu. Vamos fazer nosso trabalho passo a passo".

A equipe comandada por Jorge Jesus segue na liderança isolada na competição, com 45 pontos, seis a mais do que o vice-líder Palmeiras.

O Flamengo voltará a campo pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro contra o Internacional no Maracanã, no Rio de Janeiro, na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).