<
>

Wenger vai ganhar cargo na Fifa, mas ainda quer encontrar clube para voltar a treinar

Arsene Wenger assumirá um emprego na Fifa nas próximas semanas, enquanto continua aguardando uma oferta de um clube com um projeto que lhe interessa.

O francês, que completará 70 anos no próximo mês, ingressará na entidade em um papel técnico. O papel ainda não foi completamente definido, mas será muito importante onde sua voz será ouvida e as opiniões respeitadas.

Enquanto Wenger está animado para ajudar o futebol a melhorar por meio da Fifa, fontes disseram à ESPN que sua prioridade continua sendo encontrar emprego no futebol de clubes em breve.

Por mais que estivesse pronto para o desafio na Fifa, ele também está ansioso para voltar a ser treinador, seja em um clube ou em uma seleção nacional.

Wenger deixou o Arsenal em 2018, após 22 anos no clube. Desde então, ele teve oportunidades de voltar ao futebol, mas nenhuma que o satisfizesse totalmente.

Enquanto esperava o emprego certo, ele trabalhou como comentarista na televisão. Ele tem viajado muito enquanto ainda vive em Londres.

Wenger ainda acredita que pode melhorar qualquer time e ganhar troféus em qualquer liga. Ele assistiu a muitas partidas e conheceu muitos jogadores, treinadores e ex-jogadores nos últimos dois anos.