<
>

Melhor goleiro e Drogba mestre de cerimônias: as novidades da Bola de Ouro, prêmio da France Football

O Ballon d'Or, prêmio da revista France Football entregue anualmente Getty Images

A revista France Football anunciou nesta quinta-feira uma série de novidades para o próximo Ballon d'Or (Bola de Ouro), a mais tradicional premiação do futebol europeu.

A principal é a criação do Prêmio Yashin, que será dado ao melhor goleiro da Europa.

O troféu leva o nome do lendário arqueiro soviético Lev Yashin, o "Aranha Negra", que foi o único atleta de sua posição a ganhar a Bola de Ouro, em 1963.

Além disso, o evento passará a ter um novo mestre de cerimônias: o ex-atacante marfinense Didier Drogba, um dos maiores ídolos da história do Chelsea.

Curiosamente, Drogba nunca ganhou o Ballon d'Or, apesar de ter aparecido oito vezes entre os finalistas. Sua melhor colocação foi um 4º posto, em 2007.

Os indicados à Bola de Ouro e aos outros prêmios da France Football serão conhecidos no dia 21 de outubro:

- 30 indicados ao Ballon d'Or masculino
- 20 indicadas ao Ballon d'Or feminino
- 10 indicados ao Troféu Kopa (melhor jogador sub-21)
- 10 indicados ao Troféu Yashin (melhor goleiro)

Vale salientar que, mesmo que um goleiro tenha sido indicado ao Troféu Yashin, ele também pode concorrer à Bola de Ouro.

A cerimônia de premiação será realizada no dia 2 de dezembro, no Théâtre du Châtelet, em Paris.

Relembre os últimos ganhadores da premiação:

- Ballon d'Or masculino 2018: Luka Modric (Real Madrid)
- Ballon d'Or feminino 2018: Ada Hegerberg (Lyon)
- Troféu Kopa 2018: Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain)