<
>

Andrés Sanchez banca Carille no cargo após vexame em casa do Corinthians

play
Andrés Sanchez banca Carille depois de derrota e fala sobre processos que Corinthians recebeu (1:54)

Caixa, Serasa e empresa de limpeza são alguns dos 'problemas' que o Timão tem (1:54)

A derrota para o Independiente del Valle na Arena Corinthians foi tão pesada que levou o presidente Andrés Sanchez a improvisar. O mandatário pediu a palavra no vestiário e foi à zona mista conversar com os jornalistas no fim da noite dessa quarta-feira.

Em meio às explicações, o presidente do Corinthians foi questionado sobre o trabalho de Fábio Carille e se o técnico corre algum risco de perder o cargo em caso de eliminação da Copa Sul-Americana, na quarta-feira que vem, no Equador.

“Esse é o grande problema da imprensa brasileira, do dirigente brasileiro, do torcedor brasileiro. Perde um, dois jogos e tem que mandar treinador embora, tem que mandar presidente embora e não é assim que se faz futebol. Hoje eles se impuseram, mas ninguém vai tirar o Carille, não. Quando ganha ele é bom, quando perde também não pode ser tão ruim”, avisou Andrés Sanchez.

Apesar do presidente manter a confiança em Carille, o técnico foi bastante criticado por corintianos nas redes sociais.

Em entrevista coletiva, o treinador relacionou a derrota para o Del Valle ao fato de ter de jogar com muitos jovens no ataque por falta de opção.