<
>

Atlético de Madrid se revolta com chance de Barcelona receber multa de só R$ 1,35 mil por Griezmann: 'Não é sério'

play
Champions League: especialistas da ESPN opinam quem é o principal candidato a craque do torneio (1:06)

Confira breves análises dos comentaristas dos canais ESPN (1:06)

A contratação de Antoine Griezmann pelo Barcelona segue dando manchetes. Agora, o presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, se revoltou a com a possibilidade dos catalães pagarem uma multa irrisória pela assinatura com o jogador.

O juíz designado pelo Comitê de Competição da Real Federação Espanhola de Futebol propôs uma multa de 300 euros (R$ 1,35 mil) para que o Barcelona pague ao Atlético ou a disputa de um jogo com portões fechados em Cam Nou.

O presidente do Atleti afirmou que a sanção "não pode ser séria": "Tudo leva um tempo e nossos advogados estão trabalhando no caso. Não me pareceu sério falar em 300 euros, mas o futebol é assim".

A proposta do juiz não provocou supresa somente no Atlético de Madrid. O Barcelona também não esperava valor tão baixo para a multa.

Tudo aconteceu porque o Atlético denunciou o Barcelona por considerar que os catalães e o o francês chegaram a um acordo quando o jogador tinha contrato em vigor. Para o clube de Madri, a negociação do francês aconteceu em março, quando a cláusula era de 200 milhões de euros (mais de R$ 900 milhões).

O clube madrilenho se prepara para enfrentar a Juventus, nesta quarta-feira, às 16h, pela Champions League.