<
>

Liverpool: 'Tolices de Van Dijk' e 'Deja Vu' tomam as capas dos jornais britânicos após derrota na Champions

play
Firmino é 'indiscutivelmente' a peça mais importante do ataque do Liverpool, segundo Kfouri: 'É o mais coletivo dos três' (0:57)

O brasileiro foi o homem do jogo na última partida do Liverpool pela Premier League e o técnico Klopp elogiou muito sua forma (0:57)

O Liverpool caiu diante do Napoli no estádio San Paolo, pela primeira rodada da fase de grupos da Champions League, e os jornais britânicos repercutiram com óbvias críticas à partida do time de Klopp, em especial à defesa.

O mais relembrado por todos eles foi o “Deja Vu” da temporada passada. Afinal, é o segundo ano seguido no qual o Liverpool cai diante do Napoli na fase de grupos do torneio.

Quanto mais alto, maior a queda. O mais citado pelos periódicos foi o zagueiro, e provavelmente, jogador mais importante do elenco, Virgil Van Dijk, pelo “raro erro” cometido no gol de Fernando Llorente, já nos instantes finais da partida.

A defesa foi contestada em geral, afinal, Andrew Robertson também errou ao cometer pênalti. “De alguma forma, a defesa do Liverpool, que se tornou sinônimo de resiliência e competência, entregou a partida ao Napoli”, escreveu o Daily Mail.

Se de um lado tem crítica, do outro tem elogio. Kalidou Koulibaly, zagueiro do time italiano, foi bem elogiado. Chamando-o de “rei”, o jornal Mirror declarou: “Se Van Dijk é o melhor defensor no mundo do futebol, Koulibaly não fica muito atrás”.

O Mirror, inclusive, achou o pênalti sobre Jose Callejon “controverso”, concordando com o próprio treinador do Liverpool.

Confira a capa dos principais jornais

THE SUN

MIRROR

THE TELEGRAPH

DAILY MAIL

MIRROR, DE NOVO

METRO