<
>

Léo fratura clavícula e ficará fora por tempo indeterminado no Cruzeiro

play
Fábio Luciano elogia postura de Rafael Santos, mas cobra jogadores experientes do Cruzeiro (0:41)

Garoto quem concedeu coletiva na Toca da Raposa nesta segunda (0:41)

O Cruzeiro terá mais uma baixa para a sequência no Campeonato Brasileiro. Depois de perder Dedé, com uma entorse no tornozelo direito, o outro zagueiro titular, Léo, sofreu uma fratura na clavícula na partida contra o Palmeiras.

Aos 49 do segundo tempo, o defensor foi atingido pelo goleiro Weverton, em cobrança de falta. A lesão foi confirmada pelo clube.

“Ele sofreu um trauma no ombro esquerdo, no último lance do jogo contra o Palmeiras. Nesse trauma foi observada uma fratura da clavícula, sem desvio, que inicialmente não indica um tratamento cirúrgico. Ele já iniciou o tratamento conservador. Como qualquer fratura, não há um prazo pré-determinado para a recuperação, porque depende de sua consolidação para a liberação para a prática de esportes de contato. Vamos observar a evolução do atleta nas próximas semanas”, comentou o médico do clube, Sérgio Campolina.

É a segunda vez que Léo se machuca sob o comando de Rogério Ceni. O atleta perdeu os primeiros jogos do treinador devido a uma lesão muscular na coxa direita.

Sendo assim, Ceni ficará sem sua zaga titular em um momento delicado.

O Cruzeiro está na zona de rebaixamento do Brasileirão, na 17ª colocação, com 18 pontos em 19 partidas.