<
>

Barcelona esfrega as mãos com Ansu Fati, Real diminuiu o nível de esperança com Vinícius Jr.; jornal analisa novatos

As grandes atuações do jovem Ansu Fati com a camisa do Barcelona causaram impactos até mesmo no Real Madrid. Segundo o jornal El Confidencial, o atacante nascido em Guné-Bissau se destacou ainda muito cedo no Sevilla e foi cobiçado pelos dois gigantes da Espanha.

Bori Fati, o pai do jovem, revelou que o time merengue ofereceu-lhe melhores condições do que o Barça, mas eles escolheram o clube catalão porque os diretores apareceram em sua casa e o convenceram. Com três jogos na temporada, o atacante soma dois gols e uma assistência.

"Já se sabe que nesses casos a alegria do rival irrita o outro oponente. Hoje, Ansu Fati é apreciado por Barcelona e o presidente Josep María Bartomeu vem com uma jois para acalmar as águas de um verão turbulento com o caso Neymar. Imagine que Ansu Fati possa ter sucesso em Barcelona produz espasmos no Real Madrid", diz o jornal.

A ideia do Real é incubar jovens talentos como Vinicius, Rodrygo, Odegaard e Kubo. Ele não tem intenção de sair dessa aposta futura. Uma estratégia que, por outro lado, não é novidade e tem todos os clubes do mundo. A diferença é quando e como ela se materializa.

"Os níveis de expectativa no lado do Barça estão bem acima dos do Real Madrid com os jovens do primeiro time. Eles esfregam as mãos não apenas com Ansu Fati. Há também Frenkie de Jong assumindo seu lugar como fixo nos titulares de Valverde e apareceu Carles Pérez. No Real Madrid, eles continuam discutindo a confiabilidade de Vinicius para fazer gols e Rodrygo ainda não foi visto", afirmou o jornal.

"A percepção é de que o torcedor está mais ciente do que Odegaard pode fazer na Real Sociedad ou Kubo em Mallorca. Até os jogos de Ceballos no Arsenal são assistidos. Também os de Reguilón, em Sevilla, e os de Achraf, no Borussia Dortmund."