<
>

Cruzeiro faz pior 1º turno de sua história; projeção aponta fuga apertada do rebaixamento

play
Ceni explica saídas de Robinho e Thiago Neves do Cruzeiro: 'Me dói o coração, não é pessoal' (1:17)

Treinador falou sobre a forma como quer armar sua equipe nas partidas (1:17)

Com a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no último sábado, o Cruzeiro fechou o 1º turno com sua pior pontuação nesta fase do Campeonato Brasileiro desde o início da era dos pontos corridos com 20 equipes (2006 em diante).

No momento, a Raposa tem 18 pontos em 19 jogos (quatro vitórias, seis empates e nove derrotas, 31,6% de aproveitamento).

Antes de 2019, a pior campanha celeste havia ocorrido em 2016, quando o clube mineiro tinha 19 pontos (33,3% de aproveitamento) ao fim do primeiro turno.

Na ocasião, o time celeste viveu grave crise e trocou várias vezes de técnico: David iniciou, Paulo Bento foi o 2º e Mano Menezes encerrou.

Depois do revés no Allianz Parque, porém, o técnico Rogério Ceni prometeu reação do Cruzeiro nas próximas rodadas.

"Hoje o vestiário já estava num clima bem melhor. O Cruzeiro vai sair dessa situação. Pode demorar, mas vai sair”, garantiu.

Com mais uma derrota, a equipe celeste se manteve com 18 pontos, na beira da zona do rebaixamento. O Fluminense aparece logo atrás, com 15 pontos e um jogo a menos.

O Cruzeiro joga no sábado, às 17h (de Brasília), contra o líder Flamengo, no Mineirão, e Fábio pediu apoio da torcida.

PROJEÇÃO APONTA SUFOCO

Segundo o FiveThirtyEight, site parceiro da ESPN que faz projeções matemáticas sobre o Brasileirão de acordo com uma série de cálculos, a Raposa irá escapar do rebaixamento

Mas será no sufoco...

De acordo com as contas, o time de Belo Horizonte terminará a competição com 43 pontos, em 15º lugar e apenas dois pontos acima do Goiás, que será o primeiro degolado, na 17ª posição.

No momento, a chance de queda do Cruzeiro é de 28%.

Os outros rebaixados, segundo o FiveThirtyEight, serão Chapecoense, CSA e Avaí, enquanto o Fluminense se salvará pelo saldo de gols.