<
>

Willian lamenta situação financeira do Cruzeiro e agradece por 'segurança' que tem no Palmeiras

play
Atacante do Palmeiras, Willian fala de 'herança' do bigode e dá dica: 'Tem que ir na barbearia dar um talento' (0:57)

Bigode do atleta palmeirense virou marca registrada e até apelido (0:57)

O próximo compromisso do Palmeiras é contra o Cruzeiro, no sábado, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque. A equipe é justamente o ex-clube de Mano Menezes e vem passando por uma fase bastante conturbada dentro e fora de campo. O atacante Willian, que atuou na Raposa sob comando do treinador, disse que é muito grato pela segurança que tem no alviverde.

"A gente tem que ser grato por toda essa segurança no Palmeiras. A gente fica triste pelo noticiário, de atleta tendo que cobrar salário. Seria o mínimo de cada empresa cumprir com seus deveres. Tenho certeza de que isso vai melhorar”, disse em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira.

O Cruzeiro não vinha com um bom desempenho com Mano Menezes em 2019, o que acabou culminando com a demissão do treinador e a entrada de Rogério Ceni.

Desde então, foram cinco jogos sob comando do novo técnico, com duas vitórias, um empate e duas derrotas, com uma eliminação na Copa do Brasil.

Fora dos gramados, a diretoria está sendo investigada por diversos crimes, como lavagem de dinheiro, além dos salários atrasados.

“Infelizmente, isso não é novidade. Não cabe a nós falar de outros clubes. O torcedor tem direito de fazer críticas, desde que não haja desrespeito com os jogadores. Todo mundo é pai de família, honrando o clube. Isso tem acontecido bastante, mas vamos falar do jogo, que é o mais importante. O Cruzeiro tem grandes jogadores e vai nos dar dificuldades”, comentou brevemente Willian, que jogou na Raposa entre 2013 e 2016.

Em relação ao jogo propriamente dito, Willian acredita que, independentemente desta má fase, o Cruzeiro imporá dificuldades. A equipe é a 16ª colocada no Campeonato Brasileiro, a apenas três pontos da zona de rebaixamento, vindo de uma goleada em casa contra o Grêmio.

“O Cruzeiro não vive um momento tão bom, e a gente está vindo de duas vitórias, crescendo na competição. Mas isso não significa nada diante do grande clube que é o Cruzeiro e do grupo qualificado que ele tem. O Mano, por ter recentemente saído de lá, pode ter bastante coisa para nos passar”, avaliou.

O Palmeiras vem embalado por duas vitórias, contra o Goiás, de virada, e contra o Fluminense, na última terça-feira, justamente os dois primeiros jogos sob comando de Mano Menezes.

O alviverde é o 3º colocado na competição, com 36 pontos conquistados, a apenas três do líder Flamengo.