<
>

Belotti faz dois, Itália bate Armênia de virada e mantém 100% nas eliminatórias para a Eurocopa

Com 100% de aproveitamento nas eliminatórias para a Eurocopa, a Itália visitou a Armênia nesta quinta-feira e venceu, de virada, por 3 a 1. Os gols foram marcados por Karapetian, para os armênios, e Belotti – duas vezes – e Pellegrini para os italianos.

A partida começou com as duas equipes se estudando bastante, mas com maior pressão da Armênia. Aos 4 minutos, Karapetian recebeu de Mkhitaryan e bateu, mas Donnarumma fez boa defesa.

A Itália manteve mais a posse de bola, chegando a 62%, contra 38% da Armênia. Os anfitriões, no entanto, continuavam finalizando mais, com Barseghyan, aos 7, e Grigoryan, aos 8 minutos de jogo. Aos 10, a Armênia já tinha mais a bola do que os italianos.

O volume de jogo no começo da partida rendeu o gol aos donos da casa. Na marca de 11 minutos, Barseghyan achou Karapetian, que finalizou e fez 1 a 0 para os armênios. Foi só depois de sair perdendo que a Itália melhorou na partida.

Com cruzamentos na área, a Itália foi chegando mais ao ataque e, aos 16 minutos, Romagnoli aproveitou bola alçada por Verratti e cabeceou para fora. Três minutos depois, foi a vez do zagueiro Bonucci errar o alvo pelo alto.

Aos 26 minutos, depois de uma confusão entre os jogadores das duas equipes, Verratti, da Itália, e Karapetian e Ghazaryan, da Armênia, levaram cartões amarelos. Logo depois, aos 28, veio o empate. Emerson cruzou e Belotti cabeceou para fazer o gol da Itália.

Animado com o empate, o time italiano quase conseguiu a virada logo em seguida. Na marca dos 29 minutos, Bernardeschi fez grande jogada individual e bateu forte, mas a bola explodiu no travessão. Apesar da empolgação italiana, a partida ficou muito truncada até o fim da primeira etapa.

Nos acréscimos, Karapetian deu cotovelada em Bonucci, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Já o segundo tempo começou equilibrado, com as duas equipes lutando bastante e abusando das bolas aéreas, bem neutralizadas pelas defesas. Com a Itália ficando mais com a bola, a Armênia tentava contra-atacar com Mkhitaryan, sem sucesso.

Com um a menos, a Armênia se retraiu bastante, dando campo para a Itália pressionar pela virada. Aos 25 minutos, Pellegrini cobrou falta perigosa, mas bateu direto para fora. Oito minutos depois, o meia conseguiu marcar. Bonucci cruzou e Pellegrini apareceu na área para cabecear e virar o jogo.

A Itália aproveitou a empolgação para matar o jogo. Aos 35, Belotti finalizou na trave e aproveitou o rebote para fazer o segundo dele e terceiro dos italianos na partida: 3 a 1.

Já aos 38 minutos, Jorginho chutou de fora da área para tentar ampliar, mas a bola saiu pela linha de fundo. Cinco minutos mais tarde, Pellegrini aproveitou bobeira da zaga e saiu na cara do gol, mas foi interceptado pelo goleiro adversário.

Nos acréscimos, Belotti ainda recebeu na área e fez mais um, mas o gol foi anulado por impedimento.

Com a vitória, a Itália mantém os 100% de aproveitamento nas eliminatórias para a Eurocopa, com 5 vitórias em 5 jogos, e chega aos 15 pontos ganhos, na 1ª colocação do Grupo J. Já a Armênia estaciona nos 6 pontos, na 3ª posição, atrás da Finlândia.