<
>

Espanha, Alemanha, Itália e mais: veja quem são os estreantes nas seleções gigantes da Europa

A Data Fifa chegou, e algumas das principais seleções do mundo vão a campo pelas eliminatórias para a Eurocopa de 2020. Para seus respectivos confrontos, as sete equipes mais badaladas do continente contarão, sem exceções, com novidades.

Confira abaixo quem são os atletas que receberam sua primeira convocação pela seleção principal de seus países:

Luca Pellegrini (Itália)

Revelado pela Roma, o lateral-esquerdo de 20 anos disputou apenas 6 partidas pelo elenco principal, sendo emprestado ao Cagliari no primeiro semestre de 2019. A partir de então, virou titular de sua equipe e atuou nesta condição no Mundial sub-20, que ocorreu entre maio e junho, e no qual qual os italianos terminaram na quarta colocação. Contratado pela Juventus nesta temporada por 22 milhões de euros, Pellegrini foi emprestado novamente ao Cagliari.

Donyell Malen (Holanda)

Com passagem pela base do Arsenal, o atacante fez 13 gols em 22 partidas pelo time B do PSV Eindhoven na segunda divisão holandesa em 2017-18 e, em meio a isso, ganhou suas primeiras chances no elenco principal. Na temporada seguinte, virou uma peça constantemente utilizada (atuou em 31 das 34 rodadas da Eredivisie e fez dez gols) e virou titular na reta final da temporada. Em 2019-20, jogou todos os minutos depois da Supercopa da Holanda e soma 11 jogos e quatro gols. Pela Holanda, foi titular na equipe sub-17 que foi até a semifinal do Europeu de 2016.

Jonathan Ikoné (França)

Revelado pelo Paris Saint-Germain, pelo qual disputou sete partidas, o meia de 21 anos foi emprestado ao Montpellier em 2017-18 e jogou em 18 rodadas do Francês (12 como titular). Vendido ao Lille por 5 milhões de euros no ano passado, Ikoné virou titular absoluto e termunou como quinto principal garçom (nove assistências) e 11º maior driblador, com os mesmos 75 dribles certos de Neymar. Além disso, anotou três gols, sendo decisivo para que o Lille fosse vice-campeão.

Matteo Guendouzi (França)

O meio-campista de 20 anos tem virado assunto por conta de sua semelhança com David Luiz, seu novo companheiro de Arsenal, mas, desde a temporada passada, ele tem chamado atenção pelo que faz dentro de campo. Contratado por 8 milhões de euros junto ao Lorient no meio de 2018, o atleta logo mostrou sua qualidade no passe e fechou a temporada com 48 partidas (33 como titular). Nos 11 iniciais nas quatro primeiras rodadas da Premier League 2019-20, Guendouzi foi chamado para substituir o lesionado Paul Pogba na seleção francesa.

Luca Waldschmidt (Alemanha)

Formado no Eintracht Frankfurt, o atacante de 23 anos defendeu o Hamburgo em duas temporadas e, logo após o rebaixamento inédito do clube na Bundesliga, foi vendido ao Freiburg no meio de 2018. Em sua primeira temporada na equipe do sul da Alemanha, se alternou entre o banco e os titulares, fazendo 9 gols em 30 partidas pela Bundesliga. Na atual campanha, soma dois gols em três rodadas e ainda fez o gol da classificação na primeira rodada da Copa da Alemanha contra o Magdbeurg.

Unai Núñez (Espanha)

Cria da base do Athletic Bilbao, o zagueiro de 22 anos ganhou suas primeiras oportunidades em 2017-18 e já virou titular da equipe. Porém, perdeu espaço em 2018-19 e disputou apenas 15 partidas. Em junho deste ano, ele ganhou a titularidade ao longo da campanha em que a Espanha conquistou o título do Europeu sub-21.

Pablo Sarabia (Espanha)

Contratado por 18 milhões de euros (R$ 82,6 milhões) pelo PSG na última janela, o meia-atacante de 27 anos somou 23 gols e 15 assistências em 52 jogos em 2018-19 pelo Sevilla. Contando apenas o Campeonato Espanhol, Sarabia terminou como principal garçom da edição da competição, com 13 assistências, ao lado de ninguém menos que Lionel Messi. Ele ainda anotou 13 gols e criou um total de 68 chances, sendo o sexto na estatística.

Tyrone Mings (Inglaterra)

Contratado pelo Bournemouth no meio de 2015, o zagueiro de 26 anos sofreu com lesões e jogou apenas 23 vezes pelo clube em três anos e meio, antes de ser emprestado no começo de 2019 ao Aston Villa. Ele logo virou titular e teve participação importante no time que arrancou na parte final da Championship e conseguiu o acesso à Premier League. Mings acabou contratado em definitivo pelo clube por 22,3 milhões de euros.

Daniel Podence (Portugal)

Revealdo pelo Sporting, o atacante de 23 anos foi vendido ao Olympiakos no meio de 2018, após ter sofrido com lesões na temporada anterior, e se firmou como titiular, somando 41 partidas e oito gols. Na atual campanha, ajudou seu time a passar pelas fase preliminares e se classificar ao estágio de grupos da Champions League.