<
>

Vitória e Botafogo-SP pecam nas finalizações e ficam no 0 a 0 no Barradão

Na noite desta sexta-feira, pela 20ª rodada da Série B, Vitória e Botafogo-SP se enfrentaram no Barradão e não saíram do 0 a 0. Com a partida aberta durante os 90 minutos, as equipes até criaram, mas tiveram dificuldade nas finalizações.

A primeira etapa mostrou como a partida seria equilibrada no Barradão. Os minutos iniciais foram de domínio do Vitória, que pressionava bem a equipe adversária, mas sem conseguir finalizar com perigo. Aos poucos, o Botafogo entrou no jogo e chegou a assustar em pelo menos três oportunidades construídas em jogadas de contra-ataque.

O segundo tempo continuou aberto, mas a dificuldade para finalizar atrapalhou as duas equipes novamente. Com isso, os goleiros pouco trabalharam e o 0 a 0 persistiu até o final.

Vitória e Botafogo ficaram no 0 a 0 no Barradão (Foto: Reprodução)

Com o resultado, o Vitória se mantém em situação de perigo na parte de baixo na tabela. A equipe aparece na 15ª colocação com 21 pontos. Na próxima terça-feira, às 19h15 (de Brasília), o Leão volta a campo contra o Vila Nova, no Serra Dourada.

Já o Botafogo ganha mais de uma semana de descanso e só volta a jogar no próximo sábado, às 11h. No Santa Cruz, a equipe de Hemerson Maria recebe o América-MG. O Pantera é o sétimo colocado da Série B, com 28 pontos conquistados até aqui.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 0 X 0 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), Salvador (BA)

Data: 30 de agosto de 2019, sexta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: José Eduardo Calza e Fabricio Lima Baseggio (RS)

Cartões amarelos: Dedé (Vitória); Luiz Otávio (Botafogo-SP)

VITÓRIA: Ronaldo; Matheus Rocha, Bruno Bispo, Ramon e Chiquinho; Baraka (Felipe Garcia), Lucas Cândido e Felipe Gedoz; Caicedo (Rodrigo Andrade), Wesley (Eron) e Anselmo Ramon

Técnico: Carlos Amadeu

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas, Leandro Amaro, Luiz Otávio e Pará; Pablo, Marlon Freitas e Leonan (Diego Gonçalves); Rafael Costa (Bruno Moraes), Júlio César e Erick (Nadson)

Técnico: Hemerson Maria