<
>

Fifa pede acordo entre Nantes e Cardiff sobre Emiliano Sala

Sete meses após a morte do argentino Emiliano Sala, a Fifa enviou uma carta ao Nantes e ao Cardiff City, na qual pede um acordo entre os clubes pelo pagamento da transferência do jogador, conforme indicado nesta quinta-feira pela entidade.

“Confirmamos que enviamos uma carta às diferentes partes em nome do presidente da Comissão do Estatuto do Jogador”, declarou a Fifa. O Nantes recorreu a essa comissão no final de fevereiro quando o Cardiff se negou a quitar os 17 milhões de euros da contratação de Sala.

Emiliano Sala e o piloto David Ibbotson viajavam desde Nantes, no oeste da França, em direção a Cardiff, no País de Gales em janeiro deste ano. O argentino ia se apresentar ao seu novo time, o Cardiff City.

No entanto, a aeronave caiu no Canal da Mancha e só foi encontrada duas semanas depois junto ao corpo do jogador. O pai dele, Horacio Sala, faleceu vítima de uma parada cardíaca dois meses depois.

Depois do desaparecimento do jogador, o Cardiff decidiu não realizar uma primeira transferência de 6 milhões de euros dos 17 do montante total, apesar de ter sido validado pelas autoridades do futebol antes do acidente.

A Comissão do Estatuto do Jogador, presidida pelo sul-africano Raymond Hack, deu dez dias aos clubes para que aceitem essa conciliação. Se as equipes não chegarem a um acordo, a comissão oferecerá um julgamento, que poderá ser recorrido diante do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).