<
>

Victor Ferraz diz que Santos 'pagou pela ofensividade' em empate na Vila

play
Sampaoli, do Santos, reclama de gol anulado e pênalti de primeiro gol do Fortaleza: 'Jogada muito estranha' (1:00)

Peixe abriu 3 a 0 na primeira etapa, mas viu o adversário reagir e buscar o empate (1:00)

Victor Ferraz acha que o Santos “pagou pela ofensividade” no empate em 3 a 3 com o Fortaleza neste sábado, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Santos fez 3 a 0 no primeiro tempo e permitiu o empate na etapa final. O último gol saiu aos 49 minutos do segundo tempo.

“Tivemos chances e não fizemos, poderíamos ampliar. A gente paga pelo estilo de jogo ofensivo. Inexplicável. A gente quer fazer mais e mais. O importante é não deixar cair, ainda somos líderes do campeonato”, disse Victor Ferraz, à Globo.

“Não vou dizer que faltou atenção, todo mundo se cobra, futebol às vezes acontece isso. A gente quer atacar o tempo inteiro, o treinador que fala, a gente poderia ter posicionado um pouco mais, não ter dado certas brechas, mas isso é coisa para falar depois”, completou.

Com o resultado, o Santos segue na liderança do Brasileirão, agora com 33 pontos, mas pode ser ultrapassado por Flamengo e Palmeiras. O time voltará a campo para enfrentar a Chapecoense no sábado, na Arena Condá.