<
>

Santos vê pouca chance de reforços e busca venda de pelo menos R$ 23 milhões na reta final da janela

play
Felipe Jonatan diz que Santos está focado na liderança do Brasileiro e não se abaterá (0:54)

O lateral diz que a equipe santista precisa manter o desempenho (0:54)

O Santos vê pouca chance de contratar reforços para essa temporada e tem como objetivo vender jogadores.

O presidente José Carlos Peres confirmou que o elenco está provavelmente fechado e afirmou estar aproveitando as madrugadas por bons negócios no fechamento da janela.

O prazo para transferências internacionais nos principais países da Europa se encerra até a primeira semana de setembro. Depois disso, não há mais chance de atletas do exterior virem para o Brasil, e a opção seria trazer jogadores da Série B ou que não realizaram sete jogos no Brasileirão.

Alguns jogadores, como Lucas Veríssimo, Eduardo Sasha, Jean Mota e Jackson Porozo receberam consultas no mercado, mas as sondagens não têm se transformado em propostas oficiais. O presidente Peres espera por novidades nas últimas horas de janela.

O Santos está com os salários em dia, porém, não há muito nas contas. O Peixe gostaria de realizar uma venda de pelo menos 5 milhões de euros (R$ 23 milhões) para equilibrar as finanças.