<
>

Técnico do PSG admite que situação de Neymar atrapalha PSG e diz que brasileiro está vetado de jogar

play
Thomas Tuchel: 'Enquanto a situação não for resolvida, Neymar não poderá jogar' (0:53)

O treinador do PSG disse que o camisa 10 está em forma e que teve uma boa semana com a equipe, mas que o clube não permitiu a participação dele nos jogos. (0:53)

O técnico do Paris Saint-Germain Thomas Tuchel admitiu neste sábado que a situação do brasileiro Neymar acaba atrapalhando o time e revela que ele está vetado de atuar pela equipe enquanto não decidir se sai ou se fica no time.

Em entrevista coletiva que antecede o confronto da terceira rodada da Ligue 1, o treinador alemão disse que o camisa 10 está em forma e que teve uma boa semana com a equipe, mas que o clube não permitiu a participação dele nos jogos.

“O clube foi claro: enquanto sua situação não for resolvida, ele não poderá jogar", disse Tuchel.

Questionado se o cenário envolvendo o brasileiro atrapalha a equipe, ele respondeu: “Sim e não. Sim porque nós falamos muito disso, e não porque todos sabem que no futebol de hoje um jogador como o Neymar sempre desperta o interesse geral. Já foi assim quando ele esteve machucado”.

Logo depois, o técnico completou e admitiu: “Em cada entrevista coletiva, antes e depois das partidas, falamos sobre ele. Não é a melhor situação para um clube, é claro”.

Sobre a vontade do brasileiro de deixar o clube ainda na atual janela de transferências, o alemão minimizou: "Nem sempre é necessário entender, você só tem que se adaptar à situação".

O PSG, que tem uma vitória e uma derrota no Campeonato Francês, enfreta o Toulouse neste domingo, às 16h (de Brasília). Além de Neymar, estarão de fora da partida os meias Draxler e Ander Herrera, e também o lateral Kehrer.