<
>

Vasco tenta afastar abatimento para evitar tropeço em casa

Vasco acabou goleado no clássico contra o Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

A goleada de 4 a 1 para o rival Flamengo não estava nos planos do Vasco. Os torcedores ficaram muito irritados com o resultado, em um momento que o time vinha dando sinais de reação na temporada. Para justamente não sofrer ainda mais com o tropeço que o plantel tenta evitar o abatimento já de olho no próximo compromisso da equipe, no domingo, às 16h (de Brasília), diante do São Paulo, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Com 17 pontos conquistados, o Vasco tem apenas quatro a mais que a Chapecoense, que hoje abre a zona de rebaixamento. Assim, os jogadores querem afastar um possível clima de abatimento para não se complicarem ainda mais no Campeonato Brasileiro.

“Foi um placar bastante elástico, que incomoda, que deixa a gente bastante chateado, mas precisamos seguir trabalhando e acreditando. O trabalho vem sendo feito de maneira séria e dedicada por todos. O comprometimento continua igual. Vamos suportar esse momento, que é difícil para todos nós. Como diz o ditado, vamos lamber as feridas, suportar a cobrança agora e trabalhar ainda mais forte. O comprometimento é grande, a concentração é de todos também. Precisamos ter convicção no que vem sendo feito e buscar os resultados, que é o mais importante”, disse o goleiro Fernando Miguel.

O elenco vascaíno participou de um treino físico nesta terça-feira e volta a trabalhar nesta quarta-feira à tarde, já de olho no duelo contra o São Paulo. Recuperado de uma crise de apendicite, que exigiu inclusive uma cirurgia, o atacante Rossi pode ser a grande novidade no time. O volante Marcos Júnior e o atacante Marrony, que cumpriram suspensão contra o Flamengo, voltam a ficar à disposição.