<
>

Ex-presidente de time de Ronaldo brinca com Fenômeno: 'Se não queria sofrer, comprasse o Manchester City'

Carlos Suárez, ex-presidente do Valladolid, deu uma entrevista coletiva nesta segunda-feira para se despedir, cerca de um ano depois de ter vendido ao clube. Agora, ele seguirá como conselheiro e presidente de honra, embora sua influência seja menor.

“Creio que tomei a decisão correta apesar de ter tido ofertas superiores. Nos deu um salto de qualidade. Não me arrependo de vender o Valladolid a quem está. Estou convencido de que será algo bom para o clube”, afirmou Suárez.

No evento, ele ainda brincou sobre uma conversa que teve a respeito da estreia do Valladolid no Espanhol. A equipe visitou o Betis no domingo e venceu por 2 a 1 com um gol aos 44min do segundo tempo.

“Eu tinha boas vibrações, e ele me disse que íamos sofrer hoje e o resto da temporada. Eu disse a ele: ‘se não queria sofrer, comprasse o Manchester City”, declarou.