<
>

Premier League: Chelsea passa sufoco e empata com o Leicester na volta de Lampard a Stamford Bridge

Com muitas homenagens das arquibancadas do Stamford Bridge, o ídolo Frank Lampard estreou em casa como técnico do Chelsea, mas com sabor bem amargo.

Pela segunda rodada da Premier League, neste domingo, os Blues empolgaram no primeiro tempo, abriram o placar, porém sofreram uma pressão incrível na etapa final e cederam o empate ao Leicester por 1 a 1.

O nigeriano Wilfried Ndidi se tornou o grande personagem do jogo: o volante falhou no gol do Chelsea, mas se redimiu com uma bela cabeçada na etapa final.

Assim, Lampard continua sem vencer neste início de trabalho - levou 4 a 0 do Manchester United na primeira rodada e perdeu nos pênaltis a Supercopa da Uefa para o Liverpool. O Leicester também não ganhou e tem dois pontos após o 0 a 0 com o Wolverhampton na estreia.

Logo no começo do jogo, o Chelsea se mostrou disposto a apagar a impressão ruim da estreia no campeonato.

Com sete minutos, já haviam sido três chutes. O terceiro, se transformou em gol, quando Ndidi deu bobeira na entrada de sua área e perdeu a bola para Mount, que bateu cruzado para fazer 1 a 0.

O Chelsea chegou ainda com perigo mais algumas vezes. Como no lance em que Giroud cruzou para Kanté tentar desviar na primeira trave - mas a bola acabou saindo.

O Leicester não conseguia se encontrar nos primeiros 45 minutos, até que veio o intervalo e uma blitz incrível dos visitantes.

Kepa precisou fazer pelo menos duas boas defesas, Maddison, Vardy e Tielemans criavam as oportunidades, e o Chelsea não conseguia sair do campo de defesa.

Aos 22 minutos, a redenção de Ndidi: cobrança de escanteio da direita de Maddison e cabeceio no ângulo do nigeriano, sem chance para o goleiro espanhol.

O Leicester continuou pressionando e quase virou em chutes de Maddison e Vardy, porém o placar acabou mesmo em 1 a 1.

Na próxima rodada, o Chelsea visita o Norwich no sábado que vem, e os Foxies vão a Sheffield enfrentar o United no mesmo dia.