<
>

Dudu reclama pelo VAR não ter revisado gol do Grêmio: '3 pontos que a gente perdeu por erro claro'

Os jogadores do Palmeiras deixaram o gramado da Arena do Grêmio revoltados após o empate por 1 a 1 com os donos da casa, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado.

Os atletas alviverdes reclamaram muito com o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães por causa do lance prévio ao golaço de David Braz, que decretou a igualdade em Porto Alegre.

No momento em questão, a arbitragem deu lateral para o time gaúcho, quando na verdade o arremesso manual era para os palestrinos. Após a cobrança, saiu o gol gremista.

Na zona mista, o atacante Dudu, autor do gol alviverde no duelo, reclamou pela não revisão do lance no VAR.

"Complicado, né... A gente fez um bom jogo, fez tudo o que o treinador pediu. Mas, no último lance, a bola era do Palmeiras. Então, essas coisas o VAR tem que corrigir. Foram 3 pontos que a gente perdeu por um erro que foi claro. Acho que isso não pode acontecer. Se o VAR interfere em outros tipos de jogada, tem que interferir nessa, porque foi um erro claro. A bola era nossa e a gente levou o gol", afirmou.

"É um erro que dá para ser corrigido. A bola era do Palmeiras, o VAR tinha que voltar o lance e dar a bola do Palmeiras", completou.

O protocolo do VAR, porém, diz que o lance não deveria ter sido revisado, já que uma nova jogada foi iniciada após a cobrança do lateral, e ela foi toda regular até a batida de David Braz.

Com o resultado, o Grêmio vai a 18 pontos, em 12º lugar.

Já Verdão vai a 30 pontos e cai para o 3º lugar, sendo ultrapassado pelo Flamengo.

Os dois times voltam a se enfrentar na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), novamente na Arena do Grêmio, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Pela 16ª rodada do Brasileiro, o Grêmio recebe o Athletico-PR, no próximo sábado, às 17h.

Já o Palmeiras teve seu jogo contra o Fluminense adiado para o dia 10 de setembro, às 21h, no Allianz Parque.