<
>

Neymar treina separado do elenco do PSG em meio a especulações envolvendo Barcelona e Real Madrid

Depois de curtir dias de folga em Portugal, o atacante Neymar retornou nesta quarta-feira aos treinamentos do Paris Saint-Germain.

No entanto, o brasileiro treinou separado e não trabalhou com o restante do elenco, segundo o jornal Le Parisien.

De acordo com o veículo, porém, isso faz parte da agenda de preparação montada pelo clube para o camisa 10, que terá que treinar em jornada dupla ao lado dos preparadores físicos da equipe para readquirir sua melhor forma.

Ainda restam três dias de treino antes da viagem a Rennes, onde o PSG joga nesta domingo, pela 2ª rodada da Ligue 1. Para o diário, porém, "é pouco provável" que Neymar jogue, assim como já ocorreu na estreia contra o Nimes.

"A situação não mudou: o brasileiro segue sendo negociado entre PSG e Barcelona, que é o destino favorito da estrela. Assim como ocorreu na 1ª rodada, ele também deve ser desfalque contra o Rennes", previu o Le Parisien.

Em reunião entre franceses e espanhóis na última terça-feira, os blaugranas ofereceram Philippe Coutinho, Ivan Rakitic e mais 80 milhões de euros (R$ 354,32 milhões) para ter Neymar.

O PSG, todavia, quer Coutinho, Nelson Semedo e mais 120 milhões de euros (R$ 531,48 milhões) para bater o martelo.

Era esperado que as conversas continuassem na sexta-feira, quando haverá reunião da Associação Europeia de Clubes, em que o mandatário do time de Paris, Nasser Al-Khelaifi, estará presente.

Contudo, o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, não irá ao encontro, já que estará no jogo contra o Athletic Bilbao.