<
>

Manchester City escapa de punição da Fifa e poderá seguir contratando jogadores, mas leva multa pesada

Após investigação, a Fifa anunciou nesta terça-feira que o Manchester City foi considerado culpado por infringir as regras de transferências de jogadores menores de 18 anos.

De acordo com a entidade, a equipe inglesa feriu principalmente o artigo 19 das Regulações da Fifa para transferências de jogadores.

No entanto, o Comitê Disciplinar da Fifa salientou que o City "aceitou sua responsabilidade", e, com isso, escapou de sofrer a pior punição possível: ser proibido de contratar jogadores por uma ou mais janelas de transferências.

Foi exatamente o que aconteceu em fevereiro deste ano com o Chelsea, que está banido do mercado por duas janelas por ordem da Fifa.

Ao contrário dos Blues, porém, o único gancho aplicado ao clube de Manchester foi uma multa de 370 mil francos suíços (R$ 1,5 milhão, na cotação atual).

"A proteção dos menores da idade é um elemento chave para o trabalho de regulação da Fifa na transferência de jogadores, e a aplicação dessas regras é algo essencial, como já foi provado em vários casos pelo Tribunal Arbitral do Esporte", escreveu a entidade máxima do futebol.

O Manchester City já foi notificado da multa nesta terça-feira.