<
>

Em duelo de gerações, João Félix ofusca CR7 e comanda vitória do Atlético de Madrid sobre a Juventus

O desfecho do primeiro confronto entre Cristiano Ronaldo e o 'novo CR7' não poderia ter sido melhor para o jovem português João Félix, maior reforço da história do Atlético de Madrid.

Pela última partida da International Champions Cup, o Atlético de Madrid bateu neste sábado (10) a Juventus, por 2 a 1, na Friends Arena, em Estocolmo, na Suécia. O torneio de cunho amistoso marca o fim da preparação das duas equipes para a temporada europeia, que recomeçou no último final de semana, com o Campeonato Holandês.

A equipe espanhola confirmou o resultado com dois belos gols marcados por João Félix, contratado para ser o substituto de Antoine Griezmann e visto como a maior revelação de Portugal desde Cristiano. Do lado italiano, que descontou foi Sami Khedira.

O confronto foi o primeiro entre Atlético de Madrid e Juventus desde a última temporada da Champions League. Naquela oportunidade, as duas equipes se enfrentaram pelas oitavas de final, quando apesar de uma vantagem de 2 a 0 no primeiro jogo, os espanhóis foram eliminados pelo placar agregado de 3 a 2.

Na próxima semana, os atleticanos dão início a sua temporada regular, enquanto os juventinos ainda terão mais uma semana de preparação antes do retorno da Série A. Por LaLiga, os comandados de Diego Simeone enfrentam no domingo (18) o Getafe, no Wanda Metropolitano. Já a Velha Senhora joga apenas no sábado seguinte (24), quando encara o Parma fora de casa.

O jogo

O primeiro tempo da partida começou marcado pelo equilíbrio entre as duas equipes. Sem muitas finalizações nos primeiros minutos, o Atlético de Madrid conseguiu abrir o placar aos 24', com um golaço de João Félix. O português de 19 anos recebeu assistência do ex-Tottenham, Kieran Trippier, e superou o Wojciech Szczesny, colocando o Atlético de Madrid na frente.

A vantagem, porém, caiu poucos minutos depois. Aos 29', Sami Khedira chutou com firmeza no canto direito da meta defendida por Jan Oblak, levando a Juventus ao empate. Mas o 'novo Cristiano Ronaldo' não deixou o feito passar, marcando pela segunda vez na partida aos 33', após um belo passe de Thomas Lemar.

Os minutos seguintes a sequência foram de maior calmaria, apesar dos esforços da equipe italiana para tentar um novo empate. Sem grandes lances de perigo, a partida chegou ao intervalo com o Atleti ainda em vantagem, mostrando também efetividade na defesa.

No segundo tempo, o time espanhol voltou à campo tentando aumentar o placar para se garantir, mas criou poucas oportunidades de perigo. Os principais lances vieram do lado da Juventus, que não conseguiu voltar a marcar nem mesmo com Cristiano Ronaldo, que passou em branco até sua saída, já na metade da etapa final.

Aos 84 minutos, Oblak fez uma das grandes defesas da partida ao impedir o gol de Fede Bernardeschi, praticamente garantindo a vitória do Atlético, que se confirmou após os quatro minutos de acréscimos concedidos.