<
>

Após goleada do Palmeiras, Dudu minimiza protestos: 'A torcida pega no pé de quem ela gosta'

play
Gian diz que apesar de resultado positivo, Palmeiras não jogou bem até a hora do primeiro gol (3:27)

Para comentarista, pênalti, mal marcado, encaminhou a vitória do clube paulista na Libertadores (3:27)

O Palmeiras fez o dever de casa arrasou o Godoy Cruz por 4 a 0, nesta terça-feira, no Allianz Parque, e avançou às quartas de final da Libertadores sem grandes sustos.

Depois de um primeiro tempo insosso, o Verdão deslanchou na segunda etapa. Raphael Veiga, cobrando um polêmico pênalti marcado através do VAR, Miguel Borja, Gustavo Scarpa e Dudu anotaram para os paulistas.

Após a partida, Dudu comemorou a vitória e minimizou os protestos que a equipe, e ele próprio, vinham sofrendo dos torcedores.

"O Godoy Cruz é uma boa equipe, com bom controle de bola. Veio com uma proposta diferente do que a gente está acostumado, com três zagueiros. Controlamos no primeiro tempo e soubemos matar o jogo na hora certa", disse o camisa 7, à FOX Sports.

"Eu falo para os meus companheiros: a torcida pega no pé de quem ela gosta. Eu tenho certeza que eles têm carinho por mim, e eu tenho por eles. Desde meu primeiro jogo aqui nesse estádio eu corro pela camisa do Palmeiras. Garra nunca vai faltar em mim", salientou.

Dudu também já ressaltou que o foco agora é o importante clássico contra o Corinthians, no domingo, em Itaquera.

"O Palmeiras vai seguir forte em todas as competições. Na Libertadores, tem outras grandes equipes também. Agora, é esquecer a Libertadores e focar no clássico de domingo, em que a gente precisa fazer um bom jogo para retomar as coisas no Campeonato Brasileiro", encerrou.

O resultado desta terça espanta a má fase da equipe comandada por Luiz Felipe Scolari, que vinha de cinco partidas seguidas sem vencer, com a eliminação na Copa do Brasil e a perda da liderança do Brasileirão neste meio tempo.

E a torcida, que vinha protestando, parece ter mudado de humor, já que o duelo no Allianz Parque terminou com muitos aplausos e gritos de "olé" a cada toque na bola dos alviverdes.

Nas quartas de final, o Palmeiras encara quem passar do confronto entre Grêmio e Libertad-PAR, que se enfrentam na próxima quinta-feira.

Os gaúchos ganharam a ida por 2 a 0, em Porto Alegre, e dependem de apenas um empate no Paraguai para avançarem.