<
>

Felipão valoriza empate do Palmeiras: 'Do jeito que aconteceu, foi muito bom'

play
Felipão explica saída de Deyverson, entrada de Borja e define o colombiano: 'Talhado para esses jogos' (0:54)

Atacante fez seu primeiro jogo como titular após a volta da Copa América (0:54)

O técnico Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, valorizou o empate por 2 a 2 com o Godoy Cruz, na noite desta terça-feira, na Argentina, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. No duelo de volta, pelo critério do gol fora de casa, o time paulista joga por dois empates para avançar no torneio: 0 a 0 e 1 a 1.

Após sair perdendo por 2 a 0, o Palmeiras descontou com Felipe Melo. Ainda no primeiro tempo, contudo, Weverton defendeu pênalti de Santiago García, autor dos dois gols do Godoy Cruz. Na etapa final, a equipe visitante melhorou e buscou o empate com Miguel Borja.

“No segundo tempo, quando mudamos uma coisa de marcação, ficou mais igual. Foi um resultado que, para nós, saiu bem pelo início da partida que não foi boa. O empate, do jeito que aconteceu, foi muito bom, mas que sirva de lição para tomarmos cuidado no próximo jogo”, disse Felipão, em entrevista coletiva.

“A defesa que o Weverton fez deu um ânimo maior para a nossa equipe, fez com que buscássemos o empate no segundo tempo. Tivemos mais posse de bola, jogamos mais organizados e conseguimos o gol de empate. Foi o que conseguimos nessa vinda para Mendoza, vamos ver se melhoramos ainda mais para o segundo jogo”, acrescentou.

Na coletiva, Scolari também explicou as mudanças que fez na escalação. Foram três no total: entraram Raphael Veiga, Willian e Borja nas vagas de Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Deyverson, respectivamente.

“Coloquei o Borja porque entendo que ele é um jogador também de Libertadores, talhado para esses jogos. Como o Deyverson não vinha dando aquilo que eu desejava, achei melhor colocar o Borja, que é um jogador já vivido na Libertadores. O Veiga já ganhou a situação de jogar lá no Ceará. O Willian vai, aos poucos, acrescentando qualidade. Se não tivéssemos sido surpreendidos, marcado mal no início, quem sabe podíamos ter um resultado melhor. Mas o gol fora é importante”, elucidou.

O confronto de volta está marcado para a próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque. Antes, porém, o time encara o Vasco, no sábado, às 17 horas, também na arena alviverde, pelo Campeonato Brasileiro.