<
>

Ônibus do Cruzeiro é alvo de vandalismo após classificação na Copa do Brasil

O Cruzeiro conseguiu aproveitar a vantagem conquistada no primeiro jogo e eliminou o rival Atlético-MG nas quartas de final da Copa do Brasil, mesmo com a derrota por 2 a 0 nesta quarta-feira. Na saída do Independência, porém, o clube relatou mais alguns momentos de susto.

“Após a classificação para mais uma semifinal da Copa do Brasil, em partida disputada contra o Atlético-MG, o ônibus que transportava a delegação cruzeirense foi alvejado na Avenida Silviano Brandão por vândalos que atiraram pedaços de pau, pedras e garrafas, que por pouco não atingiram atletas, membros da comissão técnica e da diretoria”, informou o clube por meio de nota.

O clube lamentou e repudiou os atos de vandalismo, enfatizando que a classificação foi conquistada dentro de campo e pedindo respeito na rivalidade. Além disso, confirmou que nenhum membro da delegação sofreu ferimentos.

Depois da vitória por 3 a 0 no Mineirão, o Cruzeiro conquistou a vaga na semifinal pelo saldo de gols. O jogo também ficou marcado pela arbitragem, que anulou um gol de Pedro Rocha, no segundo tempo, em lance que ainda gerou a expulsão de dois atletas.