<
>

Copa do Brasil: Vice do Internacional detona arbitragem e VAR: 'A gente está aqui fazendo papel de bobo'

Em um jogo emocionante e cheio de confusão, o Internacional venceu o Palmeiras nos pênaltis, após ganhar por 1 a 0 no tempo regulamentar, nesta quarta-feira, no Beira-Rio lotado, e se classificou às semifinais da Copa do Brasil.

Mesmo após o triunfo, a diretoria colorada reclamou bastante da arbitragem de Rafael Traci e da anulação do gol de Victor Cuesta através do VAR, que foi comandado por Rodrigo D'Alonso Ferreira.

Em coletiva, o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, disparou para todos os lados.

"É uma vergonha. A gente está aqui fazendo papel de bobo. O senhor (Leonardo) Gaciba, que é presidente da comissão (de arbitragem)... Mudaram as pessoas e piorou muito", afirmou.

"Do jeito que está, não sei se é a orientação que eles (árbitros) têm, mas desse jeito acho que o VAR não vai ter muito futuro. A gente sempre foi favorável ao VAR, mas quem decide são as pessoas", completou.

Na semifinal, o Internacional enfrentará o Cruzeiro, que eliminou o Atlético-MG também nesta quarta-feira.

A outra semi será entre Athletico-PR e Grêmio.