<
>

Com problema no Pacaembu, Santos estuda outras opções em São Paulo

play
Mauro analisa ofensividade de Sampaoli e brinca: 'É um provocador: fez 4 novas tatuagens, saiu de bicicleta e é argentino' (1:51)

Santos foi a Salvador e venceu o Bahia por 1 a 0 (1:51)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, anunciou que os quatro próximos jogos do Campeonato Brasileiro acontecerão na Vila Belmiro. Para o segundo turno, porém, o time da Baixada terá um problema a resolver.

A Comissão de Licenciamento da CBF liberou o Pacaembu nas nove primeiras rodadas do Brasileirão, mesmo sem ter iluminação de acordo com o regulamento – o exigido é 800 lux (medida de iluminação); o estádio tem 600 lux.

Agora, o Pacaembu precisa reformar a iluminação para ser liberado pela entidade. Não há, neste momento, posição definida da Prefeitura de São Paulo sobre o tema, até pelo processo de concessão. O Consórcio Patrimônio administrará o espaço nos próximos 35 anos.

Sem interesse em investir no Pacaembu, o time do Peixe aguarda por novidades e já estuda opções no estado para manter a promessa de 50% em Santos e 50% fora da Baixada Santista.

Uma das alternativas vistas com bons olhos pela diretoria é a Arena Eurobike, do Botafogo-SP, inaugurado em junho. O espaço tem capacidade para 15 mil torcedores e agora conta com bares, camarotes e suítes.