<
>

Griezmann: Reviravolta? Atlético diz que R$ 505 milhões do Barcelona não pagam multa e volta a atacar rival

Diante do anúncio da contratação de Antoine Griezmann pelo Barcelona, o Atlético de Madrid, seu ex-clube, decidiu se manifestar e atacar o acerto entre o francês e o clube catalão. E promete buscar mecanismos pelos quais espera ter justiça na defesa de seus interesses na negociação.

Em outras palavras: o Atlético entende ter direito a mais dinheiro pela transferência do atacante.

Por meio de uma nota oficial publicada em seu site, o clube da capital espanhola ataca o acordo firmado entre as partes, entendendo ter havido uma espécie de conluio para a transferência ser oficializada apenas agora, quando a multa rescisória seria menor, a despeito de ter sidos acertada antes - segundo afirmação do Atlético.

"O Atlético de Madrid entende que a quantidade depositada é insuficiente para cobrir sua cláusula de rescisão, uma vez que é óbvio que o compromisso do jogador com o Fútbol Club Barcelona foi fechado antes que a citada cláusula se reduzisse de 200 a 120 milhões de euros", diz o comunicado.

"Também foi anterior à data em que se produziu tal modificação, a comunicação por parte do jogador., em 14 de maio, anunciado sua desvinculação do clube", segue o texto.

Desse modo, o clube afirma crer que a extinção do contrato, na prática, terminou antes da temporada passada, por conta de "atitudes, atos e manifestações realizados pelo jogador e, por conta disso, já iniciou procedimentos que considera oportunos para a defesa de seus interesses e direitos legítimos".

Se o clube conseguir o que pleiteia, o valor da transferência pode subir de R$ 550 milhões para R$ 698,7 milhões - o equivalente a 200 milhões de euros, pela cotação de hoje - valor da multa antes da redução prevista em contrato.

A batalha do clube de Madri, no entanto, soa inglória, uma vez que Griezmann efetivamente jogou pelo Atlético de Madrid até 18 de maio, contra o Levante, por LaLiga. Diante de sua torcida, a última partida do francês foi em 12 de maio, contra o Sevilla , no Estádio Wanda metropolitano, também pelo Campeonato Espanhol.

LEIA A ÍNTEGRA DO COMUNICADO TRADUZIDO ABAIXO

"Antoine Griezmann, representado por seu advogado, compareceu à sede da Liga de Futebol Profissional para rescindir unilateralmente o contrato que vincula o jogador com o Atlético de Madrid, tendo depositado, o Fútbol Club Barcelona, en nome e por conta do futebolista, a quantia de 120 milhões de euros (R$ 550 milhões).

O Atlético de Madrid considera que a quantia depositada é insuficiente para cobrir sua cláusula de rescisão,ma vez que é óbvio que o compromisso do jogador com o Fútbol Club Barcelona foi fechado antes que a citada cláusula se reduzisse de 200 a 120 milhões de euros.Também foi anterior à data em que se produziu tal modificação, a comunicação por parte do jogador., em 14 de maio, anunciado sua desvinculação do clube.

O Atlético de Madrid crê que a extinção do contrato foi realizada antes do fim da temporada passada por conta de atitudes, atos e manifestações realizados pelo jogador e, por conta disso, já iniciou procedimentos que considera oportunos para a defesa de seus interesses e direitos legítimos"