<
>

Com medalhões, jornal lista 30 jogadores que estão disponíveis 'grátis' no mercado

play
Nicola: 'Filipe Luís tem proposta oficial do Flamengo', mas Dani Alves segue querendo jogar Champions League (1:21)

Foto com os laterais da seleção usando camisa do clube carioca viralizou após o título da Copa América (1:21)

O jornal Marca selecionou nesta quinta-feira 30 atletas que estão sem contrato e podem ser adquiridos de graça neste mercado da bola.

A lista possui diversos "medalhões", como o lateral direito Daniel Alves, que acaba de ser campeão da Copa América com o Brasil.

Também há reis da polêmica, como o centroavante Mario Balotelli, veteranos à beira da aposentadoria, como Daniele de Rossi, e jogadores com histórico de lesões, como o zagueiro Thomas Vermaelen.

Confira a relação e o que o Marca escreveu de cada um:

1. DANIEL ALVES: Melhor jogador da Copa América e atleta mais vitorioso da história, com 40 títulos, busca um destino após encerrar seu contrato com o Paris Saint-Germain

2. MARIO BALOTELLI: Sua passagem pelo Olympique de Marselha durou 15 partidas, com 8 gols marcados. Agora, depois de passar por Milan, Inter de Milão, Liverpool Manchester City e Nice, empreenderá sua enésima aventura

3. FILIPE LUÍS: Possui uma oferta do Flamengo, mas não está descartado que ele siga no Atlético de Madrid

4. FRANCK RIBÉRY: Deixou o Bayern depois de 12 temporadas, mas, aos 36 anos, ainda quer seguir jogando em alto nível. Foi cogitado como reforço do Sheffield United, que subiu recentemente à Premier League

5. DANIELE DE ROSSI: Deu adeus à Roma após 616 partidas, em que marcou 63 gols e deu 54 assistências. Especula-se que pode anunciar a aposentadoria

6. YACINE BRAHIMI: O ponta argelino do Porto possui um bom currículo. Foi oferecido à Roma

7. FÁBIO COENTRÃO: Abandonou o Rio Ave, terra de sua cidade natal, e seu futuro é uma incógnita. Jorge Jesus pode ter tentado seduzi-lo para ir ao Flamengo

8. JUANFRAN: O lateral direito de 34 anos despediu-se do Atlético de Madrid depois de 355 jogos, seis gols e 41 assistências. Foi vinculado ao Osasuna e também a uma possível aventura exótica no Japão

9. DANIEL STURRIDGE: Campeão da Champions por Chelsea e Liverpool, está em busca de equipe. Antes de ser emprestado ao West Bromwich e sofrer múltiplas lesões, era um dos atletas com melhor média de gols por minuto da Premier League

10. CLAUDIO MARCHISIO: A aventura do ex-Juventus, de 33 anos, no Zenit terminou de forma abrupta. Na Rússia, fez só 15 partidas e marcou dois gols

11. THOMAS VERMAELEN: Sua etapa no Barcelona, que começou em 2014, foi marcada por lesões. Nunca rendeu o esperado. Ao todo, jogou só 53 partidas e anotou um gol.

12. FERNANDO LLORENTE: Seu contrato com o Tottenham acabou depois do espanhol ser chave, sempre saindo do banco, para os Spurs chegarem à final da Champions. Foi cogitado no Athletico Bilbao e na Inter de Milão, onde poderia reencontrar um velho conhecido: o técnico Antonio Conte

13. GUILLERMO OCHOA: O atleta da seleção mexicana está sem contrato, após seu vínculo com o Standard Liège, da Bélgica, acabar. Recentemente, foi campeão da Copa Ouro, e agora aguarda ofertas.

14. ADRIÁN: O goleiro do betis quer mudar de ares depois de seis temporadas nos Hammers, nas quais disputou 150 partidas

15. HATEM BEN ARFA: O talentoso meia-atacante francês, de 32 anos, deixou o Rennes depois de ter ajudado o clube na zebra do título da Copa da França em cima do PSG de Neymar

16. WILFRIED BONY: O camisa 9 da Costa do Marfim, de 30 anos, ainda tem muitos gols para marcar. Tinha contrato com o Swansea, mas na temporada passada atuou por empréstio no Al Arabi, do Catar

17. SHINJI OKAZAKI: O atacante japonês, de 33 anos, deixou o Leicester City, time com o qual foi campeão da Premier League em 2015/16

18. STEPHAN LICHTSTEINER: O lateral direito suíço, de 35 anos, deixa o Arsenal após uma temporada apagada em Londres. Jogou 23 partidas pelos Gunners, com um gol e uma assistência

19. ANDY CARROLL: O Liverpool o transformou o 2º jogador mais caro da história quando o contratou por 41 milhões de euros em 2010. Agora, depois de muitas leões, o centroavante de 30 anos busca um time. Na temporada passada, anotou 12 gols na Premier League

20. ABEL HERNÁNDEZ: Conhecido como "A Joia", tem apenas 28 anos, mas as leões brecaram uma carreira que parecia muito promissora. Em sua passagem pelo CSKA Moscou na última temporada, fez 15 jogos e marcou três gols

21. ADRIÁN LÓPEZ: Contratado em 2014 pelo Porto por 12 milhões de euros, não teve sorte em Portugal. Sofreu muitas contusões e acabou sua passagem pela equipe com apenas sete gols e oito assistências em 52 duelos

22. KEISUKE HONDA: O meio-campista japonês, de 33 anos, viveu uma grande aventura na última temporada: foi ao mesmo tempo jogador do Melbourne Victory, da Austrália, e técnico da seleção do Cambodja

23. MARKEL SUSAETA: O "jogador de um só clubes" deixou o Athletic Bilbao após 511 jogos, com 56 gols e 87 assistências. Aos 31 anos, busca equipe e interessa ao AEK, da Grécia.

24. YOHAN CABAYE: O meia francês, de 33 anos, estava jogando no Al-Nasr. Sua carreira foi dividida entre Premier League (Crystal Palace e Newcastle) e Ligue 1 (Paris Saint-Germain e Lille)

25. GARY CAHILL: O capitão do Chelsea deixou Stamford Bridge após perder espaço sob a gestão de Maurizio Sarri. Ganhou tudo com os Blues, inclusive uma Champions

26. MARTÍN CÁCERES: O polivalente defensor uruguaio terminou seu empréstimo à Juventus, ao mesmo tempo em que viu acabar seu contrato com a Lazio. Foi sondado pelo Monterrey, do México

27. IGNAZIO ABATE: O lateral direito de 32 anos deixou o Milan recentemente após quase uma vida dedicada ao clubes. Pelos rubro-negros, entrou em campo 306 vezes, com três gols em 21 assistências

28. DANNY WELBECK: Chegou ao Arsenal em 2014, comprado por 20 milhões de euros do Manchester United, mas nunca brilhou. Deixou os Gunners após 126 partidas, 32 gols e 15 assistências

29. MARTIN SKRTEL: O "Homem de Aço" eslovaco, de 34 anos, encerrou seu vínculo com o Fenerbahce. Na passagem pela Turquia, o zagueiro disputou 119 encontros e marcou sete gols, destacando-se no jogo aéreo

30. YOANN GOURCUFF: Outro jogador que, com apenas 32 anos, viu sua carreira ser minada por lesões. Nas últimas duas temporadas na Ligue 1, entre Rennes e Dijon, só conseguiu atuar 18 vezes